Riverdale | crítica (s/spoilers)



Riverdale encerra sua primeira temporada contando com um roteiro mediano e excesso de cortes mal feitos.

Minha primeira impressão da série em seu começo não foi das melhores. Um piloto com mil clichês, e personagens aparentemente comuns. Pensei em não continuar mas apesar dos pesares ainda era uma série promissora.

E é.


Mesmo não tendo me apegado a nenhum personagem, confesso que todos entregaram um bom resultado. Uns mais que outros. Fugindo de certos padrões que costumamos ver na tela. Riverdale foi além de uma disputa entre duas mulheres por um homem. Ao contrário, a amizade prevaleceu acima de tudo. Quase pude respirar aliviada por não terem caído nesse buraco de mesmices.


A amizade entre Betty e Veronica foi algo bonito de se ver e completamente natural. Uma menina outrora má em busca de redenção busca em uma garota tímida e boa uma amizade sincera. E ambas se completam. Claro que ainda falta muito a ser explorado nessa amizade. E francamente estou ansiosa por isso.


Infelizmente o protagonista da série, Archie está longe de ser o dito "protagonista". Seu personagem quase bom demais, doce demais, cantor demais, ingênuo demais. Quase me fez revirar os olhos a cada segundo. O personagem desapareceu enquanto as personagens femininas roubaram a cena. Espero que na segunda temporada deem uma repaginada em sua história. Afinal, assim como todo o geral, ele também tem seu potencial.


Cheryl Blossom mesmo não tendo tanto destaque nas cenas quanto os outros. Aparecendo somente para frases de efeito e dramas. Conseguiu se sobressair e se destacar e definitivamente ganhará mais destaque no segundo ano.


A trama central da série é boa e gira em torno dos segredos da pequena cidade de Riverdale e do assassinato de Jason Blossom. Realmente me surpreendi com a revelação de quem é o assassino. Achei uma reviravolta inteligente e não tão esperada.




Não trazendo algo tão novo para a tela, Riverdale consegue se diferenciar pela proposta visual (Gossip Girls + Twin Peaks) e por se distanciar das produções sobrenaturais que dominam a TV atualmente.  Com certeza é uma série que crescerá muito no futuro, e tem tudo para ser um sucesso.


Riverdale já está renovada para uma segunda temporada e com 23 episódios.

Share on Google Plus

ENQUETE