Análise | American Gods 01x08 (Season Finale) | Festa de Jesus



Fala Galera! Bem vindos para nossa última análise de American Gods desta temporada. E é com pesar que nós do Premiere Line nos despedimos desta temporada magnífica. Foi maravilhoso esse período de análises e agradecemos à você que vem acompanhando desde o início, vocês são nossa motivação para continuar.

Também não faltam agradecimentos aos produtores e ao elenco talentosíssimo que compõe essa obra visual, baseado no fantástico livro do escritor Neil Gaiman que também participou da parte criativa da série sempre colocando seu dedo no enredo tornando isso que amamos.

Você que não entendeu muito sobre a série recebeu uma grande revelação nesse episódio, assim como quem leu o livro que se surpreendeu com o material adicionado à trama, tanto em revelações, como em enredo. A série desde o início vem desconstruindo a cronologia dos eventos do livro, e adaptando-os de forma que o público compreendesse melhor, o que de certa forma é bastante complicado, até para quem inicia o livro.



No último episódio, somos surpreendidos com a festa da Easter/Ostara/Páscoa, onde vemos todas as representações de Jesus de todas as partes do mundo. Wednesday vai até a casa dela para recrutá-la para o lado dos antigos deuses, ela ainda apoiada pelos novos se vê dividida e sem saber o que fazer, porém ao ser ameaçada pelos novos deuses, Easter se revela poderosa e aliada às suas origens: Os Antigos Deuses.



Durante todo esse acontecimento, Wednesday finalmente revela seu verdadeiro nome à Shadow em uma maravilhosa cena demonstrando todo seu poder. mas o que falar do embate com os Novos Deuses, simplesmente fantástico, acompanhado de uma trilha de dá arrepios e que se adaptou perfeitamente à cena apresentando toda emoção do momento.



Após o embate com os Novos Deuses, vemos que a guerra finalmente foi travada e o que podemos esperar daqui pra frente é bastante ação e suspense já que os deuses terão de escolher que lado lutar e com certeza veremos a lealdade posta á prova.



Ok, mas e a Laura? Sabiamos que ela estava à caminho do Kentucky, em busca do Jesus para ressuscitá-la, ao chegar lá ela se depara com Easter que a revela que não pode ressuscitá-la, pois ela foi morta por um Deus, após forçar Mad Sweeney à falar, Laura descobre que tudo foi um plano do Wednesday para que Shadow fosse para seu lado, no entanto, com o gancho deixado para a próxima temporada, será que veremos a lealdade de Shadow balanceada após descobrir que Wednesday matou sua mulher e colaborou para que ele fosse preso? Teremos de esperar para descobrir.



Outro ponto interessante contado nesse episódio foi a história de Bilquis como a rainha de Sabá, com direito até à orgia estilo Sense8. Também vemos que ela se aliou ao Technical Boy para que conseguisse mais adoradores na américa, após ter seus templos destruídos e beirar o esquecimento. No final, com a pressão do Tech, ela decide seguir seu caminho só, deixando um gancho para a próxima temporada.

Bem, pessoal é isso. Novamente obrigado por terem acompanhado as nossas análises e próximo ano estamos novamente aqui fazendo análises dessa série maravilhosa, que você deve ter amado também. Não deixem também de ver nossas outras análises de séries e claro, estaremos sempre bem antenados às notícias e novidades sobre a série. Que os Deuses vos abençoem!
Share on Google Plus