De acordo com Zacky Synder, Steve Trevor nem sempre fez parte da história

Resultado de imagem para wonder woman chris pine

Durante uma conversa com a imprensa americana, o diretor Zacky Synder, revelou que nem sempre Steve Trevor, fez parte da historia, que antes eles não iriam colocar um par romântico para Mulher-Maravilha.

“No começo, conversamos sobre se queríamos ou não trazê-lo para a história. Steve está tão profundamente na mitologia que depois de algum debate descobrimos que, assim como a Mulher-Maravilha precisa de Steve, precisamos de Steve também. Precisávamos olhar para a Mulher-Maravilha através dos olhos do público. E é interessante que esses olhos sejam os de Steve, na medida em que ele quase representa o status quo [estado inicial]. Ele também deve ser mudado pela Mulher-Maravilha. Ele tem que ver o mundo através de seus olhos e então ele teve que se tornar um herói à sua medida, inspirado por ela.” 



Crítica | Mulher-Maravilha | A esperança e determinação que a DC precisava


O filme é dirigido por Patty Jenkins, e escrito por Allan Heinberg e Geoff Johns, a partir de uma história de Heinberg e Zack Snyder, e estrelam Gal Gadot, Chris Pine, Connie Nielsen, Robin Wright, Lucy Davis, Danny Huston, Elena Anaya, Saïd Taghmaoui, Ewen Bremner, Lisa Loven Kongsli e David Thewlis em seu elenco. 

Antes de se tornar Mulher-Maravilha, ela era Diana, princesa das Amazonas, treinada desde cedo para ser uma guerreira imbatível. Criada em uma paradisíaca ilha afastada de tudo, Diana descobre por um piloto americano acidentado que uma guerra sem precedentes está se espalhando pelo mundo e, certa de que pode parar o conflito, decide deixar seu lar pela primeira vez. Travando uma guerra para acabar com todas guerras, Diana toma ciência do alcance de seus poderes e de sua verdadeira missão.
Share on Google Plus

ENQUETE