Diretora de 50 Tons de Cinza se declara arrependida de ter feito o filme



Se a franquia 50 Tons de Cinza é um sucesso de público e deixou a autora E. L. James mais feliz e mais rica, o mesmo não se pode dizer sobre a diretora do primeiro filme, Sam Taylor-Johnson.

Taylor-Johnson revelou ao jornal Sunday Times of London seu arrependimento de ter dirigido o primeiro filme. “Eu jamais voltarei a assistir esse filme, não tenho literalmente nenhum interesse. Se eu tivesse a oportunidade de passar por tudo aquilo outra vez, eu iria? Claro que não. Eu ficaria maluca”.

Os bastidores durante as gravações do filme acabaram ficando marcados por inúmeras tensões e brigas entre Taylor-Johnson e James; sem contar que o próprio Mr. Grey, o ator Jamie Dornan, criticou publicamente o filme.

Seja como for, a saga continua...
Share on Google Plus