"'El Dorado' é talvez o álbum mais libertador que eu já escrevi" diz Shakira


Além de ser a capa da Vanity Fair Italiana, Shakira conversou um pouco com os reporters da revista divulgando o seu novo álbum e também comentando tudo o que tem acontecido em sua vida e também no mundo.

Capa da Vanity Fair, Shakira fala sobre o novo álbum, sucesso e ataque à Manchester

Ela comentou sobre o atenta à Manchester:

“Isso poderia acontecer durante um dos meus shows. Vivemos em tempos difíceis. Claro que a gente tem muito medo, mas também há a vontade de não desistir, continuando a fazer música, para viver uma vida plena e satisfatória”

Ela também comentou o motivo do novo álbum ser quase em espanhol:

“a língua espanhola é mais próxima de meu coração. Mas certas coisas, por algum motivo, são melhores para mim em Inglês. No novo álbum, por exemplo, há uma canção chamada ‘Coconut Tree’, que é muito pessoal e tem a ver com uma memória específica, mas eu escrevi em linha toda em Inglês. É um álbum eclético, com uma mistura de canções muito pessoais, como o single ‘Me Enamoré’ (dedicado a Piqué, que aparece no clipe) e outros mais pop, com influências de música latina e reggaeton. Um sentimento subjacente a todo o álbum é a liberdade. ‘El Dorado’ é talvez o álbum mais libertador que eu já escrevi e ainda mais divertido."

Sobre o seu sucesso, Shakira diz:

“Não tem nada a ver com ser famoso ou rico. O que é muito mais importante é entender o que você realmente quer fazer da vida. E essa persistência, por vezes, faz com que você vá tão longe quanto talento”.


Share on Google Plus