Netflix é acusada de tratar anorexia de forma irresponsável em novo filme

Resultado de imagem para netflix polemica

Mais uma vez a Netflix entra em polêmica! A empresa de streaming divulgou trailer de To The Bone, seu próximo filme, e já atrai muitas críticas sobre o modo como aborda a questão da anorexia.

Muitos especialistas e pessoas que já passaram pela situação usaram as redes sociais para criticar o modo como o distúrbio é tratado no trailer divulgado na última terça-feira (20).

O principal ponto que vem recebendo críticas é a magreza excessiva da personagem interpretada por Ellie Collins, que interpreta uma garota que sofre de anorexia e acaba sendo internada em um centro de recuperação por conta do agravamento do seu quadro de saúde.

A Associação Nacional de Distúrbios Alimentares do EUA (NEDA) é contra a exibição de pessoas "perigosamente magras" na mídia por conta do impacto negativo que podem ter pessoas que passam ou já passaram por algum distúrbio alimentar. "As imagens, para quem sofre de distúrbios alimentais ou corre risco de sofrer, podem despertar todo tipo de pensamentos nocivos contra o próprio corpo", argumentou a diretora executiva da NEDA.

Marti Noxon, escritora e diretora da série, alegou que a intenção do filme é falar de um assunto geralmente ignorado e que entende a importância de se retratar responsavelmente o tema. “Não pretendemos glamourizar os distúrbios alimentares, mas sim servir de pontapé inicial para o debate sobre um assunto que é geralmente censurado e coberto por noções equivocadas”, afirma Marti.

Confira o trailer:
Share on Google Plus