Especial | Saiba mais sobre a vida e carreira de Chester Bennington


Chester Bennington foi um cantor de rock norte-americano que nasceu em 1976, na cidade de Phoenix, no Arizona. Desde de muito novo já demonstrava interesse pelo mundo da música e citou bandas como Depeche Mode e Stone Temple Pilots como suas principais influências.

Sofrendo com o divórcio dos pais, que se separaram quando ele tinha apenas 11 anos de idade, e ainda lidando com o trauma de um abuso sexual sofrido quando criança, Chester acabou entrando no mundo das drogas e do álcool, tornando-se um viciado em sua adolescência. Tal fato fez com que ele fosse expulso de casa por sua mãe quando tinha 17 anos. Para se sustentar se viu obrigado a procurar um emprego, e assim começou a trabalhar como atendente no Burger King.

A primeira banda da qual Bennington fez parte era chamada Sean Dowdell and His Friends. Eles chegaram a lançar três músicas em 1993, mas as coisas não funcionaram muito bem. Ele deixou o grupo e se juntou ao Grey Daze, com o qual gravou três álbuns entre 1993 e 1997, mas resolveu deixar a banda em 1998.
  
Cerca de um ano depois, Chester foi chamado por Jeff Blue (produtor e vice-presidente de uma gravadora) para uma audição em uma nova banda da Califórnia chamada Xero, o primeiro nome dado ao Linkin Park ainda em seus primeiros anos de carreira. Começava, ali, sua contribuição para uma das bandas de maior sucesso da última década.
  
Com o Linkin Park Chester atingiu o ápice de sua carreira: lançou 7 álbuns de estúdio, ganhou 2 Grammy’s e entrou para listas de melhores vocalistas de todos os tempos de inúmeras revistas consagradas.  Entre os maiores hits do Linkin Park estão músicas como “In The End”, “Numb”, “Crawling”, “What I’ve Done” e “Burn It Down”.
  
Em 2009, o cantor lançou um disco com outra banda, seu projeto paralelo ao Linkin Park, chamado Dead By Sunrise, e em 2013 se juntou ao Stone Temple Pilots, assumindo o posto de vocalista no lugar de Scott Weiland. Ele permaneceu na banda até 2015.
  
O músico também fez parte de vários outros projetos fora do cenário musical. Como ator ele apareceu em filmes como Jogos Mortais: O Final e Adrenalina, e no ramo da moda se arriscou lançando sua própria linha de roupas em parceria com a Porsche.
  
Vivendo um momento bem melhor de sua vida, o músico declarou, em 2011, ter superado seu problema com as drogas. Em maio de 2017, Linkin Park lançou seu sétimo álbum de estúdio intitulado “One More Light” e Bennington estava em turnê com a banda divulgando o trabalho. Com agenda lotada até início de novembro deste ano, Chester cometeu suicídio aos 41 anos de idade. Seu corpo foi encontrado na manhã dessa quinta-feira (20), em sua casa na Califórnia.
  
Horas antes da notícia de sua morte circular na internet a banda lançou o clipe da faixa "Talking To Myself", terceiro single de seu mais recente disco. Ele deixa para trás esposa, seis filhos, milhões de fãs e um legado que jamais será esquecido!
  
R.I.P CHESTER BENNINGTON
Share on Google Plus