A 8 temporada de Game of Thrones será somente em 2019


Para o sofrimento dos fãs de 'Game of Thrones', foi confirmado pelo chefe de programação da HBO, Casey Bloys, que a oitava temporada só retornará em abril de 2019.



[SPOILER]


Os hackers responsáveis pelos vazamentos ocorridos nesta penúltima temporada continuam com a sua missão árdua. As informações foram divulgados por um usuário do site Reedit, que também liberou informações desta temporada.
Segue spoilers, leiam por sua conta e risco!

  • A origem de Jon como legítimo Targaryen já estará confirmada.
  • Um Conselho é feito antes da grande guerra, declarando Jon como o legítimo Rei de Westeros. 
  • O Rei da Noite avança ainda mais em direção à Muralha e Jon posiciona seu exército em Woofswood com um acampamento, ao norte de Winterfell. Lá, as decisões relacionadas aos rumos do exército serão tomadas por Jon, ao lado do sor Davos, Beric, The Hound, Jorah Mormont e Melissandre.
  • Jaime Lannister se compromete a ingressar na luta, contanto que Cersei ganhe anistia, sendo exilada em Rochedo Casterly ao final da guerra e Jon aceita essa condição.
  • Os Cavaleiros do Vale e os Lannisters lutarão juntos em Woofswood e muitos acabam morrendo.
  • Melissandre e Berica tentam, sem sucesso, usar a magia do Senhor da Luz para dizimar o exército dos Caminhantes Brancos. Ambas sacrificam suas vidas em para isso.

  • Os caminhantes conseguem ultrapassar as fronteiras geladas e percorrendo a Estrada do Rei, caminham em direção a Porto Real. Ali, O Povo Livre e os Dothraki se unem em um novo embate.
  • Howland Reed fica incubido de incendiar a região do Gargalo com fogo vivo, na tentativa de impedir os avanços do exército dos mortos. Novamente a missão falha.
  • O Rei do Norte aparecerá em cima do novo dragão de gelo, Viserion, congelando a maior parte dos Dothraki.
  • Em seguida Viserion voa rumo a Winterfell, onde Arya, Sansa, Brienne, Podrick, Tyrion e o Verme se encontram.
  • Os dois dragões remanescentes, Drogon e Rhaegal guiarão os exércitos. Um deles será montado por Daenerys e o outro será comandado pela mente de Bran.
  • Durante a Luta, Daenerys cairá do dragão que, desprotegida, será atacada pelo Rei da Noite, até que Tormund a protege, sendo morto pelo próprio zumbi. Após a sua morte, algo estranho acontece e um clarão toma conta de toda a região.
  • Daenerys tenta fugir, mas novamente é golpeada pelo Rei da Noite. No mesmo instante os dragões gritam em reação ao ataque e Bran acaba perdendo o domínio de Rhaegal.
  • Ao ver Daenerys no chão, Jorah corre para socorrê-la, retirando-a do campo de batalha. Em seu retorno à guerra ele se depara com Viserion que o mata.
  • Bran recupera o controle de Rhaegal de forma instável e Sam está em Winterfell defendendo o garoto. Sam consegue matar o dragão de gelo usando a espada ancestral da Casa Tarly, a Heartsbane.
  • Em uma luta corpo a corpo, Jon enfrenta o Rei da Noite e sofre uma queda. Jaime surge ao lado dos dragões e o salva, atacando o zumbi e arrancando do seu peito a Pedra do Dragão, colocada pelos Filhos da Floresta na época de sua criação.
  • Ao voltar a ser um homem comum, o até então Rei da Noite é queimado pelos dragões. Com sua morte, o exército dos Caminhantes Brancos se desfalece.
  • Daenerys se encontra em seus últimos momentos de vida e com todos os aliados ao seu redor, ela declara Jon o maior e melhor rei que Westeros já teve. Por fim, a mãe dos dragões morre em seus braços. O evento encerra a longa noite, trazendo o sol de volta a Westeros.
  • Jon é condecorado o rei oficial, com sua origem tendo sido revelada por Bran. Agora com o nome Targaryen Stark, ele nomeia os novos Protetores dos Sete Reinos: Samwell Tarley receberá Horn Hill e é nomeado Protetor do Sul; Ed Tollett se torna o Protetor do Leste e reinará sobre a cidade de Gulltown (Vila Gaivota); Jaime Lannister recebe o perdão real e não deverá mais ser chamado de Kingslayer. Ele é nomeado Protetor do Oeste; Sansa Stark será mantida Protetora do Norte. Sandor Clegane, é declarado o Senhor Comandante da Patrulha da Noite. Brienne é nomeada Capitã da Guarda Real. Bron recebe a liderança das Ilhas de Ferro e Tyrion será o novo Lorde de Lannisporto.
    Em um banquete organizado em Winterfell, Brienne confessa seu amor a Jaime. Após um beijo, ele se compromete a conversar com ela mais tarde sobre o assunto.
  • Jaime procura Bran e perde perdão por ter tentado matá-lo. Mesmo recordando de tudo, o jovem diz que o fato já não importa mais, o perdoa e agradece por salvar Jon.
  • Ao ouvir a conversa, Arya segue Jaime – que caminha de volta à Brienne. Pegando-o desprevenido, ela o esfaqueia e toma seu rosto.
  • Na primeira reunião do Conselho pós-guerra, a ausência de ambos é sentida. Bran tem uma visão em que Jaime mata Cersei.

  • No quarto de Arya, Jon se depara com Jaqan H’ghar com os diversos rostos que a jovem se apropriou. Ele explica ao rei que o Deus de Muitas Faces irá puni-la severamente pela imprudência de ter usado um rosto masculino mais de uma vez.
  • Jon parte para Porto Real com Drogon e Rhaegal, a fim de tirar Arya de lá.
  • Cersei não terá papel de destaque na grande batalha. Seu real desejo é que seus inimigos se matem, para que ela permaneça no trono.
  • Com Jaime lutando no Norte, Cersei continua tentando reinar em Porto Real, sob a proteção de Euron. Ele recebe um corvo informando o fim da guerra e a consagração de Jon como o novo rei, sob o aval de todos os demais lordes.
  • Sabendo que não terá forças para se opor ao resto do Reino, Euron ordena que Porto Real seja incendiada e vê a cidade arder, sentado no trono de ferro.
  • Com o rosto de Jaime, Arya caminha à Porto Real para matar Cersei e Montanha. Completando a profecia, ela enforca a ex-rainha, mas é morta pelo Montanha.
  • Porto Real padece em chamas.
Angelica Menezes
Angelica Menezes