"Death Note" | Criadores do mangá elogiaram o longa da Netflix

Resultado de imagem para "death note" filme

Tsugumi Oba e Takeshi Obata, criadores do mangá "Death Note", emitiram uma nota elogiando o trabalho feito pela Netflix e pelo diretor Adam Wingard na versão hollywoodiana da obra deles.

“Graças ao imaginário e emocionante direção de Adam Wingard, o thriller é uma obra-prima magnífica, nível A. Os personagens são todos fiéis em satisfazer suas próprias vontades. Eu também sempre quis escrever um ‘Death Note’ como este. Através da Netflix, ele alcançará uma audiência global, então eu espero que as pessoas ao redor do mundo que desconheciam o ‘Death Note’ tenha a oportunidade de descobri-lo e aproveitá-lo”. Disse a dupla em nota divulgada pelo CinemaBlend.

"Death Note" é uma série de mangá japonesa, que depois virou anime, criada por Tsuyumi Ohba que conta a história do garoto Light Yagami, que descobre possuir um um caderno da morte capaz de assassinar as pessoas que ele desejar. A partir daí, o personagem passa assassinar todos os criminosos que existem, como uma forma de fazer o bem vencer o mal.

A versão americana será estrelada por Nat Wolff (Cidades de Papel), que viverá o protagonista, além de Shea Whigham (O Lobo de Wall Street), Margaret Qualley (Dois Caras Legais), Keith Stanfield (Selma: Uma Luta Pela Igualdade) e Paul Nakauchi (O Grande Ataque).

O longa terá locações nos Estados Unidos e no Canadá, e será dirigido por Adam Wingard (Você é o Próximo). A Netflix marcou a data de estreia do longa para o dia 25 de agosto na plataforma.
Wesley Fernandes
Wesley Fernandes