Ex-coreógrafo de Mariah Carey fala sobre a falta de vontade da cantora


Anthony Burrell, o ex-coreógrafo de Mariah Carey, conversou com a revista Complex e falou pela primeira vez sobre a virada do ano,“New Year’s Rockin’ Eve”, onde a cantora fez uma performance demonstrando a sua falta de vontade de cantar.

''É apenas a típica Mariah. Mariah é clara… Quando ela não quer fazer algo, ela não faz. Ela está fazendo performances sem vontade, isso está tirando sua estrela”, diz Burrell.

O coreógrafo revela que tentou ajudar a cantora:
“Trabalhar com uma artista como Mariah, que não é uma dançarina em primeiro lugar, é sempre um desafio para fazê-las pensar fisicamente e não apenas vocalmente. Você sempre deve ter em mente que elas são cantoras primeiro. A prioridade não é ensinar-lhes 100 contagens de 8, ou rotinas intermináveis. Eu queria dar a Mariah um impulso moderno para renová-la, dar-lhe uma sensação mais fresca e moderna, torná-la mais consciente do seu corpo e das suas linhas e não parecer que ela está machucada quando anda”.

Anthony ainda revela que a equipe da cantora não facilita a situação, dando entusiasmo para Mariah se animar durante suas performances.


“Parecia que [sua equipe] era nova em suas funções e não tinha direção. Quando você é verde, você está jogando coisas por tentativa e erro e houve muitos erros. Eu era muito sincero sobre coisas que não estavam corretas. Quando você tenta pegar um atalho e você não conhece as pistas, você é obrigado a ser prejudicado, porque você não tem a experiência de fazer uma turnê ou um império de bilhões de dólares. Alguns dos dançarinos que sua equipe contratou são grandes dançarinos, mas não são coreógrafos ou diretores criativos”

Charles Zavaroski
Charles Zavaroski

INSTAGRAM