Meu livro. Eu que escrevi. | Personagem de Girls in the House lança livro com sua história


Não é de hoje que personalidades publicam autobiografias, nas quais contam sua trajetória e detalhes desconhecidos (ou não) da sua história de vida. Entretanto, recentemente, uma figura um tanto inusitada fez o mesmo: a personagem Duny de Girls in the House. Escrito por Raony Phillips (criador da famosa websérie), Meu livro. Eu que escrevi. narra, por meio da voz da própria personagem (ou seja, numa linguagem irônica e sem meias palavras), os acontecimentos que precedentes à sua vivência na Pensão da Tia Ruiva, revelando seus esforços em busca da fama.


Conforme sinopse da editora:

Duny (lê-se Dani) é uma celebridade de alcance mundial, alçada ao estrelato por seu imenso talento, inteligência, classe e beleza incomparáveis. Ou, pelo menos, era isso o que ela esperava da vida - que, no caso de Duny, se resume basicamente a um loop infinito de lacres, barracos e baixarias cometidos em busca da fama. Meu livro. Eu que escrevi é o maior deles.

Conhecida dos fãs principalmente por trabalhar e morar na Pensão da Tia Ruiva e ser uma das estrelas da websérie Girls in the House, Duny hoje comanda também o reality show investigativo Disk Duny e é comentarista on-line de premiações como o Oscar e o Grammy para uma grande rede de TV, mas ela já passou por muita coisa nessa vida: da humilhação pública de fazer agachamentos em trajes sumários num programa de auditório a fingir que suporta crianças só para ser babá da filha de uma artista famosíssima e ficar um tantinho mais perto dos maiores nomes da música pop.

Se valeu a pena? Para Duny, ainda vamos saber. Mas, para quem lê essa autobiografia recheada do início ao fim com o melhor da ironia (ou grosseria) moderna e total ausência de preciosismo vernacular, vale cada página.


Vale lembrar que Girls in the House é uma websérie do canal do YouTube Rao TV, criado por Raony Phillips, que, sozinho, roteiriza, produz, dubla e sonoriza todos os vídeos do canal, o qual, atualmente, possui mais de 1.300.000 inscritos. Com três temporadas até então (a terceira ainda não finalizada), a produção conta a história de algumas amigas que moram e administram uma pensão (a Pensão da Tia Ruiva) onde muitas tramas se desenrolam. Uma das personagens é a loira irônica e esquentada Duny Eveley, que ganhou destaque e extrapolou o universo da série (ganhando não apenas um espaço só seu, com o Disk Duny, como atuando como comentarista online de grandes premiações – e agora lançando um livro com sua autobiografia).

Lançado no início deste mês, Meu livro. Eu que escrevi. foi publicado sob o selo da editora Intrínseca e já se encontra à venda. 

Uma informação interessante para os fãs de Girls in the House é a presença do seu criador na XVIII Bienal Internacional do Livro do Rio. Raony Phillips estará presente no espaço Arena #SemFiltro no dia 09 de setembro às 17h.
Arthur Conrado
Arthur Conrado