Fear The Walking Dead | A Queda (3x12/3x13) c/spoilers




Fear finalmente entrega uma sequência de dois episódios que todos nós esperávamos.

A série mostrou do que é capaz. Não só usou os "walkers" como ameaça principal mas soube aproveitar cada um dos personagens em cena.



Enquanto Madison, Taqa e Victor não chegam ao rancho. Se discute quem seria o melhor líder. E claro que o nome de Alicia não poderia ficar de fora. Nick por não querer ser um líder também foi citado como um líder ideal. Mas não concordo, se pelo menos o personagem tivesse algo consistente em sua evolução até aqui, justificaria, mas usar apenas o "ele não quer liderar, então é o melhor para isso" é totalmente sem sentido. Mesmo que em ambos episódios ele tenha tido mais propósito, e que também há momentos em que ele faz e fala algo relevante, ainda não foi o suficiente para se destacar, e enquanto isso, seu saldo continua negativo. A combinação dele + Troy é a fórmula para o desastre, já que ambos não tem respeito a vida ou a regras.

Alicia desde o começo dessa season tem se mostrado a mais apta e sábia quando se trata de sobreviver. Ela além de ter a inteligência necessária, possui o respeito do povo. Um verdadeiro líder. Seu personagem roubou completamente a cena em ambos os episódios. Não sei se é atriz que já em The 100 mantinha e mantém um quantidade fiel de fãs. Mas aqui em Fear ela se prova mais uma vez perfeita para o papel que lhe dão. Em "This Land Is Your Land" Alicia coloca um ponto final em quem ainda duvidava de sua capacidade de sobrevivência. Mas também coloca ponto final em toda comunidade do rancho. 


A personagem que mais evoluiu e foi consistente em seus passos. Que contra tudo que se esperava dela lá na primeira temporada. Agora apenas em seu terceiro ano, é uma verdadeira sobrevivente. Foi arrepiante toda sequência em que ela teve que abater os infectados na dispensa. E podiamos ver fisicamente isso mudando-a. É comum que todos os personagens do universo TWD passam por algo que os muda, um ponto de limite. E esse momento de Alicia foi bem realizado e muito pesado. Tão pesado quanto ou até mais, que o episódio em que Carol e Maggie lutam pela vida e matam os Salvadores, e ambas dizem “basta”. (TWD S06E13)


Outro ponto importante foi revelar as rachaduras de sua família, como ela admirava o irmão e agora o quão distantes se tornaram e como a relação com sua mãe estava quebrada. Não existia mais família. Ela não tinha mais por que ficar e lutar por algo. O que nos leva a sua decisão de seguir sozinha, encontrar seu próprio caminho. É com certeza uma boa reviravolta e também compreensivo se tratando de tudo que ela passou. Ela sabe que nenhum lugar é seguro. Ela sabe que pode viver sozinha. Que precisa de um tempo para se recuperar.


Troy, não é nenhuma surpresa que ele retornaria e causaria alguma catástrofe. Afinal, o cara não bate bem da cabeça. Genial do roteiro cada momento desse episódio e cada consequência que trouxe. Jack nunca fora um homem de ação, e por isso pode ter sido taxado como fraco. E em vários aspectos, para esse mundo, ele é. Mas não foi por isso que ele morreu, e sim por causa das ações de seu irmão. Então não foi um desperdício sua morte, mas definitivamente chocante. E com certeza uma chamada para que Troy possa enxergar que suas ações machucam. Agora é esperar para ver se ele vai começar a "ajudar" ou vai enlouquecer de vez agora que toda sua família esta morta. Mas definitivamente foi tocante vê-lo tentando salvar o irmão, para no fim ter que mata-lo.


E que cena maravilhosa essa horda de zumbis. Lembra vagamente a da pedreira na 6 temporada de TWD. Mas aqui, a cena foi tão próxima e inconsequente. Emocionante sem dúvidas. 

Muitos podem se perguntar "ah, mas por que eles ficaram? Não iam conseguir derrotar aquela horda de jeito nenhum!"

Bom, agora eles sabem disso.



Em FearTWD é apenas o começo.

E a Queda finalmente aconteceu. Claro que muito mais ainda esta por vir. Ainda com mais três episódios para sua 3° temporada encerrar. Fear já se torna bem sucedida.

Juliana Xavier
Juliana Xavier

INSTAGRAM