Riverdale | 2x1 (crítica s/spoilers)




Riverdale conquistou muitos fãs. Isso é inegável. Mas a pergunta é, ela merece tanto crédito?

Em seu piloto transbordando de clichês, quase indo ladeira abaixo se não fosse algumas ressalvas sustentadas pelos personagens femininos. A série era promissora. E numa curta temporada conseguiu apesar de muitas cenas mal cortadas garantir seu segundo ano.



É óbvio que mesmo em seu primeiro episódio de retorno da segunda temporada a série será renovada para um terceiro ano e provavelmente além. Por que é uma trama com uma fórmula que facilmente agrada ao público alvo. Ela é boa, mas morna. Ela é polêmica, mas em sua zona de conforto. 

Não vou mentir, não guardei memórias da primeira temporada. Não foi marcante. Não foi inesquecível. Eu mal lembrava que Archie estava namorando Veronica. Talvez por que de todos os personagens, ambos não funcionam como casal. E nem é culpa da atriz, ela é maravilhosa. Apenas como casal, os dois não funcionam. Mas por que não fazê-los ficar juntos já que Betty e Jug também estão? Por que não forçar casais garganta abaixo? 

O que há de errado em apenas ser amigo?



Claramente isso não irá dura, pelo menos rezo para isso. 

Achei ótimo o ator KJ Apa ter a oportunidade de mostrar que ele sabe entregar uma boa atuação dramática. Mas ainda assim, seu personagem permanece apático e sem presença. Ele simplesmente não consegue me convencer. Sua atuação é tão vulnerável e ingênua que chega a ser irritante. Ainda há muito caminho a percorrer. Eu não o odeio. Mas ele não é meu favorito.


Mesmo que breve, Cheryl Blossom continua roubando a cena. Agora mais desequilibrada ou talvez em choque? Bem, teremos que esperar para ver o desenrolar de suas ações beirando a psicopatia. Ok, não vamos exagerar. Mas, é melhor manter o olho na incendiária!




Beth e Jug continuam sendo o casal mais coerente de Riverdale. Torço muito para eles, mas acho difícil o relacionamento sobreviver além dessa temporada.


O retorno da série foi bem vinda, e agora com mais episódios á frente, tem tudo para engrenar e ser bem sucedida. Mas é preciso ser original e diferente se quiser continuar nas graças do público.



PS: Veronica não é exatamente sexo que consola o namorado, ok? Não é a resposta pra tudo.

PS²: Jug com certeza vai bater a merda no ventilador. Cuidado!

PS³: O pai de V voltou. Prevejo mais golpes?

PS4: E pelo amor de Deus quem é esse assassino? E que essa não seja a trama central da temporada inteira.

Juliana Xavier
Juliana Xavier

INSTAGRAM