'The Current War' com Benedict Cumberbatch pode ser barrado do Oscar 2019


Por conta da polêmica envolvendo o produtor cinematográfico Harvey Weinstein, o longa pode ser barrado do Oscar 2019. O lançamento do filme foi adiado para 2018, por conta da polêmica, com a intenção de ser lançado quando tudo estiver amenizado. 


Acontece que nas últimas semanas, Weinstein vem sendo acusado de assédio sexual e até mesmo de estupro por Ashley Judd, Jessica Barth, Katherine Kendall, Rose McGowan, Florence Darel, Judith Godreche e Emma de Caunes, e outras que acabaram desistindo da profissão, como Dawn Denning e Tomi-Ann Roberts. Megaestrelas como Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Cara Delevingne e Lea Seydoux também vieram a público com histórias similares.

O ator Benefict Cumberbatch que é o protagonista do filme, pode acabar sendo prejudicado, ficando de fora da premiação.


Ambientado no final do século XIX, o filme conta a história da Guerra das Correntes, uma disputa entre Thomas Edison (Benedict Cumberbatch) e George Westinghouse (Michael Shannon) sobre como deveria ser feita a distribuição da eletricidade. Edison fez uma campanha pela utilização da corrente contínua para isso, enquanto Westinghouse defendia a corrente alternada.

O drama histórico do diretor Alfonso Gomez-Rejon, tem em seu elenco Benedict Cumberbatch, Michael Shannon, Tom Holland, Nicholas Hoult, Katherine Waterston, Tuppence Middleton, Matthew MacFadyen e Damien Molony.



Charles Zavaroski
Charles Zavaroski

INSTAGRAM