Xuxa volta a ser acusada de pedofilia

Xuxa desabafa sobre críticas em fotos: "Estou velha, sim"
Vida de rainha não tem sossego; que o diga a Rainha dos Baixinhos.

Xuxa fez uma live de quase duas horas no Facebook, na noite desta quarta-feira (4), para falar sobre a lei Menino Bernardo, que estabelece como direito da criança e do adolescente serem educados e cuidados sem o uso de castigos físicos ou de tratamento cruel ou degradante. Apesar de sua intenção, os usuários da rede social a questionaram, mesmo, sobre seu eterno filme, Amor Estranho Amor (Walter Hugo Khouri, 1982), no qual Xuxa protagoniza cenas de nudez com uma criança de doze anos. 

Não gosta de mim, não tem problema. Ótimo, não quero que gostem de mim. Querem me chamar de garota de programa, querem me chamar de pedófila porque fiz um filme quando tinha 18 anos, chamem. Aliás, eu gostaria que todo mundo visse o filme, por favor. É muito bom. Querem me chamar de prostituta, chamem, mas existe uma lei chamada Menino Bernardo, que vocês vão ter de aceitar. E essa lei é clara, não pode usar violência contra criança”, declarou ela na live.


Desde 2010, a apresentadora tenta conseguir na Justiça que o Google tire dos resultados de suas pesquisas todos os sites que contenham fotos e vídeos dela e exclua os resultados da busca do seu nome associado à pedofilia. Em maio, ela teve mais um recurso negado pela Justiça.
Chris Sevla
Chris Sevla

INSTAGRAM