Atypical | Não deixe de assistir essa série (crítica s/spoilers)


Após ler tantas palavras positivas sobre essa nova produção original da Netflix eu não podia deixar de conferir e ver se ela era realmente tudo isso. E pra quem já terminou Stranger Things 2 e está esperando a estreia do Justiceiro, pode aproveitar esse intervalo e por em dia mais uma série ótima da Netflix.

Atypical acerta em passar tudo de forma clara e sensível. Além de bem humorada. O que é com certeza um dos pontos altos da série.


Ainda que seu primeiro episódio não nos mostre tudo do que a série é capaz, você consegue sentir um gostinho do que virá pela frente. O que não é uma falha da Netflix, já que ao disponibilizar a série completa não nos deixa na mão ou na espera. Podendo apostar em episódios mais calmos e melhor desenvolvidos onde não necessariamente tudo precisa acontecer para nos chamar a atenção logo de cara.

Se você já está acostumado com essa fórmula não irá se decepcionar ou correr na outra direção.


Outro ponto positivo é o tempo de duração dos episódios. Com apenas 30 minutos, não há espaço para enrolação e ao mesmo tempo não há correria. Tudo é a seu tempo e acertado na medida. Todo personagem é bem explorado e tem um bom tempo de tela. Cada acontecimento é bem explicado e não nos deixa com a sensação de ter sido ao acaso ou  fora de contexto. 


Mas vamos ao personagem principal da série. Não há espaço para criticas na atuação de Keir Gilchrist (Sam). Ele é maravilhoso e totalmente envolvente. Nos transmitindo cada emoção, dificuldade e experiência em sua missão para crescer e ter uma namorada. Sua fixação pela Antártica é uma dos melhores pontos da série acompanhando dilemas do dia a dia.


Atypical não pode ficar de fora da sua lista de séries desse ano. Ela é simples, mas tocante. Você não vai se arrepender. É a série para se maratonar obrigatoriamente! Você nem vai sentir! Prometo :)


Ah, Atypical já está renovada para segunda temporada (obg!)


Juliana Xavier
Juliana Xavier

INSTAGRAM