Jornalista do Buzzfeed defende Katy Perry do ódio gratuito que ela vem sofrendo nas redes sociais


O jornalista Sam Stryker do Buzzfeed, publicou uma carta em defesa da cantora Katy Perry, que vem sofrendo ataques gratuitos nas redes sociais neste ano.


Stryker diz:

"A cultura gay está acabando com a Katy Perry no Twitter, mas depois se divertem com "Swish Swish", após sete copos de vodka no clube. Todos vocês amam acabar com ela, mas senhorita Hudson estava na marcha das mulheres, fez campanha para Hillary e ainda faz músicas boas, nem todos podem dizer o mesmo".


A verdade é que nem todos gostaram da mudança e do amadurecimento de Katy Perry no último ano, com a chegada do seu novo álbum "Witness" as coisas pioraram. A cantora sempre foi alvo de ataques por ser muito "infantil" no palco, mas no momento que amadureceu, os ataques voltaram, com a desculpa de que "as músicas não são boas".

Bom, Katy Perry até então está na lista dos cinco álbuns femininos com melhor estreia em 2017, ficando atrás somente de P!nk.






Charles Zavaroski
Charles Zavaroski

INSTAGRAM