Vidas Muito Boas | Palavras profundas de J.K. Rowling sobre fracasso e inspiração


Considerada por um levantamento recente da revista Forbes a escritora mais rica do mundo, J.K. Rowling é uma referência para milhões de pessoas há bastante tempo. Graças à saga de Harry Potter, ela conquistou uma legião de fãs ao redor do planeta, que, com o passar dos anos, não para de crescer. Suas palavras inspiradoras ultrapassaram o universo literário quando proferiu um profundo e provocador discurso de paraninfa na Universidade de Harvard em 2008. Recentemente, esse discurso foi publicado em formato de livro, com o título Vidas Muito Boas (com o subtítulo As Vantagens do Fracasso e a Importância da Imaginação).




Sinopse da editora:

Em 2008, J.K. Rowling fez um discurso de paraninfa de profunda repercussão na Universidade Harvard. Agora publicado pela primeira vez em língua portuguesa, Vidas muito boas leva as palavras de sabedoria de J.K. Rowling a todos que estão em um momento de virada na vida, com perguntas profundas e provocadoras: Como podemos aproveitar o fracasso? E como podemos usar nossa imaginação para melhorar a nós e os outros?

Baseado em histórias de seus próprios anos como estudante universitária, a autora mundialmente famosa aborda algumas das mais importantes questões da vida com perspicácia, seriedade e força emocional. Com temas como o fracasso, as dificuldades e a inspiração, este livro ainda é tão relevante hoje como foi quando as palavras foram proferidas nove anos atrás.

O presidente de Harvard, Drew Gilpin Faust, disse, “Que exemplo poderoso ela incorpora e que dádiva extraordinária seu discurso foi, e é, para todos nós que tivemos o privilégio de ouvi-la na época — e de ler agora”.


Uma nota importante a se fazer é que a renda proveniente da venda dos exemplares de Vidas Muito Boas será doada por J.K. Rowling à Lumos Foundation (sua instituição filantrópica), como parte de seu empenho para cobrir os custos contínuos com caridade, e assim todas as doações serão revertidas diretamente aos projetos encampados.

Trazendo uma mensagem aos corações não só dos Potterheads, mas de todos quantos estiverem sensíveis às suas palavras, o referido discurso da autora se pretende um sopro de vida a cada interlocutor. Em formato de capa dura e com ilustrações de Joel Holland (responsável pela capa de Morte Súbita, também de Rowling), o livro foi publicado no Brasil com o selo da editora Rocco.

Arthur Conrado
Arthur Conrado

INSTAGRAM