9-1-1 | Qual a emergência? Ryan Murphy acerta novamente! - PREMIERE LINE

NEWS

Home Top Ad

Post Top Ad

11 de janeiro de 2018

9-1-1 | Qual a emergência? Ryan Murphy acerta novamente!


Não é exagero começar dizendo que é um dos melhores pilotos que você verá, em séries do gênero. Criado por Ryan Murphy (AHS), e trazendo diversos rostos conhecidos. 9-1-1 tem tudo para emplacar e garantir seu lugar na TV em 2018. 


Logo de cara conhecemos Abby Clark vivida por Connie Britton (AHS/Nashiville/American Crime Story), uma operadora de emergências (911) que introduz o começo de cada emergência ao atendê-las, enviando assim a ajuda necessária. 



Quando li a sinopse eu não pude deixar de pensar que a série provavelmente seria chata. Afinal, quem quer saber o dia a dia dos operadores do 911 e suas histórias?

Depois desse piloto você com certeza irá querer!


Ryan Murphy não decepciona. Se você ama AHS não pode deixar de conferir essa nova empreitada do criador. Não que uma tenha alguma coisa em comum com outra. Exceto a excelência de te prender do começo ao fim. É impossível não se envolver com cada situação. Seja pela vítima ou pelos socorristas. 


Não é preciso muito para saber por que o piloto é um sucesso. Não só focando nas ligações ainda que sejam a base de tudo, 9-1-1 mostra cada lado da história. Nos ligando a cada momento como se fôssemos mais do que espectadores. De fato, estamos lado a lado com Abby, exceto que, enquanto nós acompanhamos tudo até o fim, ela em sua maioria não saberá como a história irá terminar.


O piloto é eletrizante, emocional e cheio de adrenalina do começo ao fim. Não há pausa para respirar. Desde um bebê no encanamento de um prédio a uma menina de 9 anos sozinha em casa pedindo socorro contra uma invasão domiciliar.


Todos os personagens entregam, mesmo aqueles mais "fracos" ainda nos envolve. E o resultado é uma série consistente, com atuações boas e situações que vão de chocantes a memoráveis. 


Com 13 episódios confirmados, e transmitida pela Fox. 9-1-1 pode garantir algumas temporadas a frente se conseguir manter um bom ritmo e história como a entregue apenas em seu piloto. 



Aviso: se você tem problemas no coração, não assista essa série sem o número de emergência ao lado.

Post Bottom Ad

Pages