Siga o PREMIERE LINE nas redes sociais: INSTAGRAM, FACEBOOK e TWITTER.

The Resident | Vale mesmo a pena? (1x1 critica s/spoilers)


Sabe quando você compra um vestido e fica aquela dúvida se você realmente gostou ou se deve voltar na loja e apenas trocar de uma vez? Sabe essa dúvida? Esse sentimento martelando no fundo de sua consciência?


The Resident deixa esse sentimento pairar sobre sua cabeça um bom tempo depois que você assiste seu piloto. Logo de cara ela enfrenta uma grande concorrência e inevitáveis comparações com o gênero já tão saturado de dramas médicos. (mas não tanto quanto os de investigação policial). E aqui fica o grande impasse. Ela tem algo diferente a lhe oferecer? Ela se destaca na multidão ou é só mais do mesmo? 


Seu piloto já começa com uma absurda e antiética cena em que uma equipe cirúrgica começa a tirar selfies com o paciente aberto na mesa. O que em uma sequência dramática leva ao paciente a acordar da anestesia e morrer numa simples cirurgia. A cena causa impacto e desperta a curiosidade do que mais virá pelos próximos 42 minutos.


Só então o episódio inicia, nos apresentando os personagens principais da série. Alguns rostos são conhecidos, mas isso não ajuda a trazer simpatia a quem assiste. Seus personagens são a primeira vista, rasos e completamente detestáveis. Só quase na metade de seu episódio é que começamos a ver que há mais por trás de toda a fachada que alguns fingem ser. 



O destaque fica para dr. Conrad Hawkins (Matt Czuchry - Gilmore Girls). Respeitado pela equipe do hospital, e considerado quase que um "House". (PS: a resposta não é sempre lúpus). Conrad beira a dupla personalidade em diversos momentos. Não se decidindo entre ser um completo babaca ou um bom samaritano. O que incomoda mais do que conquista. O ator por si só já não possui um carisma positivo. É impossível não olhar para ele e pensar "cafajeste".


Com diversas situações piegas e atuações overacting. The resident consegue te segurar até o final de seu piloto. Mas não sei se conseguirá uma temporada completa. Com tantas séries estreiando ou voltando de seu mid season. Manter um lugar ao sol se torna difícil. Principalmente se o telespectador tiver que escolher entre assistir ela ou a já bem sucedida The Good Doctor. Não esquecendo de mencionar também, a queridinha Greys Anatomy (14°) e Chicago Med (3°).
Juliana Xavier
Juliana Xavier

CALENDÁRIO DE SÉRIES: ESTREIAS E RETORNOS

Calendários de Cinema: Estreias