"Grey's Anatomy mata três vezes mais que a vida real" revela pesquisa - PREMIERE LINE

NEWS

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

"Grey's Anatomy mata três vezes mais que a vida real" revela pesquisa


O médico St. Joseph escreveu um artigo científico que foi publicado pelo Trauma Surgery & Acute Care Open, onde revela que a série "Grey's Anatomy", produzida por Shonda Rhimes, mata três vezes mais que a vida real.

A pesquisa foi realizada com a intenção de comparar os resultados do trauma na televisão com a vida real.

No estudo foram comparados 290 pacientes fictícios, em 259 episódios da trama, com traumas de 4,8 mil pacientes reais do banco de dados nacional dos Estados Unidos. Logo foi comprovado que a série mata três vezes mais que a realidade, registrando 22% de mortes em hospitais, enquanto na vida real o número consta apenas 7%

Um outro fator que foi observado é que na série, 71% dos pacientes saíram da UTI e foram direto para uma sala de cirurgia, enquanto na vida real esse número é de apenas 25%. Isso significa que o número de cirurgias que necessitam de grande agilidade é bem menor.

Pages