Sessão de 50 tons de liberdade termina em pipoca, porrada e refrigerante em cinema de Vitória - PREMIERE LINE

NEWS

Home Top Ad

Post Top Ad

23 de fevereiro de 2018

Sessão de 50 tons de liberdade termina em pipoca, porrada e refrigerante em cinema de Vitória


 As sessões da trilogia "50 tons" sempre vem acompanhadas de muita emoção, já teve briga de casal, termino de namoro, um senhor tendo infarto e até mesmo uma casal namorando ferozmente na sala de cinema, mas a bola da vez foi uma briga dentro de uma sala de cinema em Vitória.
 Aconteceu o seguinte, segundo o UOL: o engenheiro civil Vinicius Oliveira chegou atrasado à sala, que estava lotada, com a esposa e a mãe. Ao se aproximar da fileira onde tinha comprado os lugares, encontrou os assentos ocupados. Enquanto duas senhoras aceitaram trocar de lugar, uma moça (que pediu para não ser identificada) se recusou. Isso porque, quando ela chegara na sessão, o assento que tinha reservado estava ocupado por outra pessoa, fazendo com que ela sentasse em outro, vago.

 "Sentaram no meu lugar, mas não questionei", disse a jovem. "Acabei sentando em cadeira que estava vazia, ao lado da minha amiga. Ele [Vinicius] chegou na maior ignorância falando que as cadeiras eram dele. A mulher dele mesmo disse que tinha outros lugares para eles sentarem, mas ele queria sentar lá: 'Não, vou sentar aqui'. Eu disse que não ia sair e ele mandou a mulher dele chamar o cara da bilheteria."

Quando o lanterninha chegou, Vinícios, que estava sentado em uma cadeira ao lado da moça, se levantou e jogou pipoca na garota. Então, os dois começaram a se xingar, que em seguida virou uma briga entre pipoca e refrigerante!
"Eu levantei para sentar no lugar da minha amiga, que ia mudar para a fileira da frente, e ele jogou o copo de refrigerante na minha cara. Eu peguei o pacote de pipoca e joguei nele. Nisso, a mãe dele puxou meu cabelo e ele deu um soco na minha cara. Eu fui para cima da mãe e da mulher dele e saímos as três rolando nas escadas", explicou a moça.

A moça teria ficado com canela, joelho e cotovelo machucados, sem contar um olho roxo do soco. Ela afirma ter aberto um boletim de ocorrência contra Vinicius e feito exame de corpo delito. Porém, de acordo com a publicação, o rapaz nega o soco e afirma ter solicitado "gentilmente" que ela mudasse de lugar.

"Ela e a amiga dela não quiseram levantar e vieram falar que eu tinha chegado atrasado e começaram a fazer um escândalo. Quando o lanterninha chegou, eu levantei para ir para as escadas e joguei a pipoca em cima dela, com raiva. Ela continuou me xingando e eu fiquei nas escadas, junto com minha mulher e minha mãe. Elas jogaram pipoca em mim. Aí essa menina foi dar um soco na minha esposa, que estava na escada, e elas saíram rolando até embaixo", relatou Vinicius.

 Segundo as pessoas que estavam assistindo a sessão, a confusão paralisou o filme. "No começo era só um barulhinho de conversa, e o pessoal começou a pedir silêncio. Deu uns minutos, começou a voar pipoca, sair gente rolando pela escadaria do cinema. Brigando mesmo, rolando agarrado. Foi bem feio", relatou a jornalista Aline Souza.

 Ela não soube informar o motico da briga, mas revelou que quatro pessoas foram retiradas por seguranças e que o filme voltou a ser exibido desde o começo para que todos os espectadores pudessem assistí-lo.

 Em comunicado, a rede de cinemas Cinemark confirmou que uma discussão entre clientes "por causa de lugares marcados" levou à interrupção da sessão de Cinquenta Tons de Liberdade. "No momento em que a gerente do complexo tomou conhecimento do fato, solicitou a presença dos seguranças do shopping, que retiraram da sala as pessoas que causaram o tumulto. O filme foi reiniciado, e os clientes que optaram por deixar a sessão receberam cortesia para voltar em outra data. A Rede lamenta o ocorrido".

 O ultimo filme da trilogia, 50 Tons de Liberdade, já está em cartaz em redes de cinemas de todo o Brasil. Apesar de ser bom este ser o ultimo filme, não veremos mais esse tipo de coisa acontecendo.

Post Bottom Ad

Pages