Tarantino fala sobre o acidente sofrido por Uma Thurman no set de "Kill Bill"


Após Uma Thurman contar umas verdades ao mundo, sobre os abusos cometidos por Harvey Weinstein (Leia aqui) e um acidente de carro no set de "Kill Bill" (Leia aqui), que podia ter sido evitado se Quentin Tarantino fosse mais gente boa, o diretor resolveu expor o seu lado da historia para o Deadline.

“Uma e eu falamos sobre isso por bastante tempo, decidindo como ela faria isso [revelar o acidente]. Ela queria esclarecer o que aconteceu naquela batida de carro, depois de todos esses anos. Eu sabia que isso seria usado quando Thurman tivesse a filmagem da cena. Ela tinha sido negada por Harvey Weinstein até de ver a filmagem”, disse Tarantino.


Segundo Tarantino, a cena não era perigosa, era apenas dirigir um carro em alta velocidade, só isso.

“Eu pensei, uma estrada é uma estrada, não pensei que tivesse que percorrer a estrada novamente, já que decidimos ir na direção diferente da que havíamos testado. Isso foi um dos maiores arrependimentos da minha vida. Como um diretor, você aprende coisas e às vezes você tem que aprender pelos seus terríveis erros. E esse foi um deles”, disse o diretor.



Charles Zavaroski
Charles Zavaroski

CALENDÁRIO DE SÉRIES: ESTREIAS E RETORNOS

Calendários de Cinema: Estreias