A Freira | Diretor quer usar efeitos práticos ao em vez de CGI - PREMIERE LINE

NEWS

segunda-feira, 12 de março de 2018

A Freira | Diretor quer usar efeitos práticos ao em vez de CGI


Em uma entrevista ao The Movie Crypt, Corin Hardy, diretor de A Freira, revelou que pretende utilizar mais efeitos práticos do que CGI.


“Eu venho de uma época que tinha grande amor por efeitos práticos. Não é apenas nostálgico, é uma questão de ser real e tangível, e você pode iluminá-los em frente da câmera se eles estão lá, você pode tocá-los, as pessoas podem vê-los, e você pode deixá-los molhados e eles têm uma aparência ótima. Tudo isso você pode fazer com CGI, mas exige tanto trabalho para fazê-lo de forma certa", diz o diretor.

Hardy também comentou sobre o uso de efeitos criador por computação:

“Eu sempre digo ‘Vamos fazer tudo o que pudermos de verdade, incluindo truques com a câmera, e então usar CGI de uma forma bonita, original, como uma ferramenta invisível’.”


A Freira chega aos cinemas estadunidenses em 7 de Setembro desse ano. Não há confirmação de nenhuma data no Brasil por enquanto. Confira a sinopse abaixo:

 Quando uma jovem freira de uma ordem de clausura – reclusão total e silêncio – tira sua própria vida em um convento na Romênia, um padre com um passado atormentado e uma noviça às vésperas de professar os votos finais e tornar-se também freira são enviados pelo Vaticano para investigar o caso. Juntos, eles descobrem o profano e mundano segredo da ordem.

Colocando em risco não apenas suas próprias vidas, mas também sua fé e suas almas, os dois lutam contra uma força malévola, que toma a forma da mesma freira demoníaca que assombrou os espectadores de ‘Invocação do Mal 2‘, enquanto o convento se transforma num aterrorizante confronto entre os vivos e as almas condenadas ao inferno eterno.

Pages