Diretores de "Vingadores: Guerra Infinita" voltam a falar que "Vingadores 4" não será uma segunda parte da guerra


Durante uma entrevista com o Coming Soon, o diretor Joe Russo de "Vingadores: Guerra Infinita", voltou a falar que "Vingadores 4", não é uma segunda parte da Guerra Infinita. 
"É a mesma relação de Capitão América: Soldado Invernal e Capitão América: Guerra Civil. Esses dois filmes também se relacionam, tem um fio narrativo que os conecta, mas ao mesmo tempo há uma independência em termos da experiência e para onde a história avança. Não é verdadeiramente uma relação de parte I e II. Acredito que esse conceito de duas partes voltou quando a Marvel decidiu que eles fariam a culminação do MCU, que seria um acordo de dois filmes. Mas, conforme os desenvolvemos, eles acabaram se tornando duas expressões singulares."

Os Vingadores já combateram muitos inimigos para manter o mundo a salvo. Agora os heróis têm um dos maiores desafios de suas vidas: enfrentar o déspota celestial Thanos. Ele quer ter total controle sobre o universo e para isso precisa das Joias do Infinito, pedras que representam: Espaço, Mente, Realidade, Poder, Alma e Tempo. O destino de todos está nas mãos dos Vingadores, que agora contam com ajuda extra dos super-heróis Homem-Aranha, Doutor Destino, Pantera Negra e os Guardiões da Galáxia.


Vingadores: Guerra Infinita chega aos cinemas em 26 de abril de 2018 e Vingadores 4 está marcado para 2 de maio de 2019. 



Charles Zavaroski
Charles Zavaroski