O Processo | Premiado na Berlinale, filme sobre Dilma Rousseff chega ao Brasil pelo festival É Tudo Verdade - PREMIERE LINE

NEWS

quarta-feira, 21 de março de 2018

O Processo | Premiado na Berlinale, filme sobre Dilma Rousseff chega ao Brasil pelo festival É Tudo Verdade


 É Tudo Verdade, é o festival de documentários mais importante da América Latina, vai abrir sua seleção de 2018, agendado entre 12 a 22 de abril, com longas sobre dois grandes artistas brasileiros, um na edição de São Paulo e outro na edição do Rio de Janeiro.
Os cariocas poderão assistir no incio da maratona de documentários: Carvana, de Lulu Corrêa, que fala sobre o ator e cineasta Hugo Carvana (1937 - 2014), na Cinemateca do MAM; já os paulistas irão conferir Adoniran - Meu Nome É João Rubinato, aonde Pedro Serrano explora o samba de Adoniran Barbosa (1910-1982), no Auditório Ibirapuera.

 Porém, a atração mais aguardada, com sessão hors-concours, é o documentário vencedor do prêmio de júri popular na mostra Panorama do Festival de Berlim, O Precesso de Maria Augusta Ramos. Que revê imagens dos julgamentos que levaram Dilma Rousseff ao impechment. Com cerca de duas horas frenéticas de duração, explorando os bastidores da troca presidencial em 2016.
Confira a seguir a lista de concorrentes ao prêmio de melhor longa nacional, entre eles Ex-Pajé, de Luiz Bolognesi, também laureado na Berlinale:

Auto de Resistência - Dir.: Natasha Neri e Lula Carvalho, Brasil, 2018, 104 min.

Um panorama contemporâneo de homicídios praticados pela polícia contra civis, no Rio de Janeiro, em situações inicialmente classificadas como legítima defesa.

Che, Memórias de um Ano Secreto
- Dir.: Margarita Hernandez, Brasil, 2018, 78 min.


Dezembro de 1965, auge da Guerra Fria: Ernesto Che Guevara desaparece misteriosamente do cenário público mundial. Onde está o Che?

Elegia de um Crime
- Dir.: Cristiano Burlan, Brasil, 2018, 92 min.


Uberlândia, Minas Gerais, 24 de fevereiro de 2011. Isabel Burlan da Silva, mãe do diretor, é assassinada pelo parceiro. “Elegia de um crime“ encerra a “Trilogia do luto“, que aborda a trágica história da família.

Espera - Dir.: Cao Guimarães, Brasil, 2018, 76 min.

Um filme que tem como tema a espera, registrando-a em suas mais variadas manifestações.

Ex-Pajé - Dir.: Luiz Bolognesi, Brasil, 2017, 80 min.

Perpera viveu na floresta sem contato com os brancos até os 20 anos de idade. Era um pajé poderoso, até o contato do povo Paiter Suruí com o homem branco. Ganhou uma menção honrosa no Festival de Berlim.

Missão 115 - Dir.: Silvio Da-Rin, Brasil, 2017, 87 min.

Missão 115 foi o nome atribuído pelo DOI-CODI (órgão de repressão do exército durante a ditadura militar) a uma suposta operação de “vigilância” no Rio de Janeiro, durante um show musical no Riocentro pelo Primeiro de Maio de 1981. Na verdade, tratava-se de um atentado a bomba, afinal frustrado, que visava sabotar a redemocratização do país.

Neville D’Almeida – Cronista da Beleza e do Caos - Dir.: Mario Abbade, Brasil, 2017, 106 min.

Por meio de imagens raras de arquivos, entrevistas e um vasto material iconográfico e audiovisual, o documentário busca resgatar o papel do cineasta e artista plástico Neville D’Almeida, da era do Cinema Marginal até o presente, passando por seus grandes sucessos de bilheteria (A Dama do Lotação; As Sete Gatinhas) e seus problemas com a censura durante o regime militar.

Pages