Roteirista de 'Me Chame Pelo Seu Nome' critica o filme pela falta de cenas de sexo e nudez - PREMIERE LINE

NEWS

sexta-feira, 30 de março de 2018

Roteirista de 'Me Chame Pelo Seu Nome' critica o filme pela falta de cenas de sexo e nudez


O roteirista James Ivory que escreveu o filme 'Me Chame Pelo Seu Nome', revelou ao The Guardian que não achou certo a produção do drama ter cortado as cenas de nudez. 

"Quando Luca [Guadagnino] disse que ele nunca pensou em colocar nudez no filme, ele está mentindo. Ele sentou começou, e nós conversamos sobre isso. Então, quando ele diz que foi uma decisão estética – bem, isso é apenas besteira. Quando as pessoas estão convenientemente cobertas por um lençol antes ou depois do sexo, isso parece falso pra mim. Nunca gostei de fazer isso."

Ivory ainda afirma que o seu roteiro tinha muitas cenas de sexo e nudez, porém o contrato de Timothée Chalamet e Armie Hammer não permitia. 

"No norte da Itália em 1983, o adolescente Elio Perlman inicia uma relação amorosa escondida com o visitante Oliver, assistente acadêmico de pesquisa de seu pai, com quem se liga através de sua sexualidade emergente, herança judaica e a sedutora paisagem italiana."


O filme vinha sendo desenvolvido desde 2007, quando os produtores Peter Spears e Howard Rosenman adquiriram os direitos de uma adaptação da obra de Aciman. James Ivory inicialmente iria co-dirigir o filme, porém acabou por trabalhar no roteiro e co-produção. Guadagnino, que atuou como consultor de locação, tornou-se diretor solo em 2016. 

 O filme foi aclamado pela crítica especializada, que elogiou as atuações, roteiro, direção e música. Foi considerado como um dos 10 melhores filmes do ano pelo National Board of Review e American Film Institute. 

Pages