Fear The Walking Dead | Novos caminhos (4x1 crítica c/spoilers)


As expectativas eram altas quanto ao crossover de FearTWD com The Walking Dead. Confesso que fiquei apreensiva com o resultado que isso poderia trazer tanto para narrativa quase impecável de FearTWD quanto para seus personagens.

Mas Fear prova novamente, que não decepciona e pode facilmente acabar roubando toda atenção para si e deixar sua "mãe" para trás. Fica cada vez mais claro que Fear já anda sozinha e nessa 4° temporada promete fazer seu próprio mundo e se desligar completamente  de TWD, passando a ser mais do que um spin-off. Venho dizendo isso na verdade desde sua incrível 3° temporada. Fear não precisa mais da fama de TWD para se manter. Ela tem total capacidade de ser tão boa, senão melhor. 


E vc pode me perguntar como posso dizer tudo isso em apenas seu primeiro episódio da 4° temporada?
Bom, em seu primeiro episódio Fear não só conseguiu fazer um crossover que não depende de The Walking Dead para atrair o público, tanto que em pouco tempo havia esquecido que Morgan estava outrora com Rick e sua turma. Mas conseguiu também ser narrativamente coerente, continuada e focada no futuro de tudo que ainda tem a contar. 


Brevemente, temos Morgan agora no lixão, sendo visitado por Rick, Carol e Jesus. Pedindo que voltasse para as comunidades e não se isolasse mais. Mas como o personagem mesmo diz lá na frente, ele tinha "ido embora antes mesmo de ir embora". Morgan não podia mais ficar, ele precisava seguir em frente e encontrar seu próprio caminho. Por mais sozinho que ele achasse que precisava ficar, logo se provou errado. Já que como Rick mesmo disse, em algum momento alguém iria precisar de ajuda e ele não iria ignorar.


Fear nos apresenta dois novos personagens. Althea e John. John, um texano pistoleiro, que estava sozinho há um ano e Althea uma jornalista que dirige um caminhão com metralhadoras. Ambos tem muito a ser contado, mas o pouco que vimos e sabemos, já foi mais do que suficiente para criar empatia pelos personagens. Outra coisa que Fear sabe fazer é introduzir e desenvolver novos personagens na medida certa. Algo que TWD tem se encontrado perdida e sem fôlego. 


De volta a Morgan, que tenta ficar sozinho e tenta fugir das pessoas. Rapidamente se encontra em diversas situações onde não só precisa salvar alguém mas também precisa ser salvo. Nos deixando uma clara lição de que união também é sobrevivência. O que no final das contas, é o que se trata todo esse universo. Sobrevivência! 


Toda a fotografia desse episódio foi fria e escura mas algo que só ajudou positivamente a construir toda a atmosfera inóspita e perigosa da série.

E no final temos uma bela surpresa aos nossos três novos personagens de Fear, que se encontram com outros veteranos da série. O que abre mais uma porta para sabermos o que aconteceu com eles no final da 3° temporada e o que os levou até ali.


Um belo resumo do episódio de estreia da 4° temporada de FearTWD é que ela está pronta e preparada para nos levar cada vez mais a fundo desse mundo apocalíptico, sem perder o fôlego e agora certa de que tem seu espaço independente na tela.

Juliana Xavier
Juliana Xavier