PL Entrevista | Conversamos com Marcelo Serrado e Jefferson Schroeder sobre a comédia "Crô em Família" - PREMIERE LINE

NEWS

terça-feira, 11 de setembro de 2018

PL Entrevista | Conversamos com Marcelo Serrado e Jefferson Schroeder sobre a comédia "Crô em Família"


Na última segunda feira (dia 03 de setembro) nós fomos convidados pela Imagem Filmes para ver a pré estreia do filme Crô em Família (a crítica pode ser vista aqui) e ainda bater um papo com os atores Marcelo Serrado que interpreta o personagem título e Jefferson Schroeder que faz a personagem Geni.

Felyppe: Marcelo, a novela Fina Estampa (primeira aparição do personagem) é de 2011, o primeiro filme foi em 2013 e agora a sequência em 2018, como foi o desafio como ator de retomar um personagem depois de tanto tempo?

Marcelo Serrado: É difícil né cara, eu vi o filme com o público e a reação deles é maravilhosa. Riem mais nesse filme do que no outro. Esse filme é mais solar e eu adoro o chá das bichas né? Marcus Majella, Luís Miranda e o Marcos Caruso e me ajudou muito rever umas coisas que eu tinha feito. Acho que o público tem tudo pra gostar e se divertir.

Felyppe: Tinha alguma das gírias que você usou e que você não fazia ideia do que significava?

Marcelo Serrado: Poucas eu sabia, o Jefferson (Schroeder) me ajudou demais nisso.




Felyppe: O primeiro filme foi um sucesso enorme, 14 milhões e pouco de bilheteria... 2 milhões de espectadores, o que mais te motivou a fazer a continuação?

Marcelo Serrado: Como você sabe no Brasil um filme só tem continuação quando passa de um milhão e meio de pessoas vendo. Nenhum distribuidor colocaria dinheiro nisso, não daria pra fazer com um milhão ou novecentos mil apenas.

Felyppe: Para finalizar, lá nos EUA é muito comum os atores "roubarem" algo para se lembrar dos seus personagens... O que você levaria para se lembrar do Crô?

Marcelo Serrado: Poxa.... A gravata do Crô... Não não aliás, a saia dele, a que ele usa na boate! Eu inclusive fui com ela na pré estréia no Rio, foi um bafo (risos).



Felyppe: Tudo bem Jefferson?

Jefferson Schroeder: Firme igual paçoca mano?

Felyppe: Firme, vamos lá! Cara a tua timeline de carreira tá uma maluquice nesses tempos. O filme foi gravado antes do teu BOOM com o Porta dos Fundos e o vídeo de bastidores do Porchat, cara como que tá isso pra você?

Jefferson Schroeder: SIM SIM SIM (risos)... Cara tá tudo muito maluco ainda. Quando viralizou eu percebi aos poucos, percebi pelo whatsapp com alguns parentes e amigos dizendo que tinham recebido um vídeo meu em algum grupo e daí agora veio o Crô, com uma cena muito parecida com o que eu brinco no vídeo lá no Porta dos Fundos.

Felyppe: Sim, isso é uma coisa que eu acho muito doida na sua carreira, porque você apareceu meio do nada e algumas pessoas falaram "Olha apareceu no filme por causa do Porta".

Jefferson Schroeder: Cara eu não sabia que falavam isso (risos), mas eu entendo que as pessoas me olham pela ordem de que as coisas estão sendo exibidas. Porque eu gravei o Crô antes, mas foi meio que um desbloqueio da vida, que tudo aconteceu na hora que tinha que acontecer só que foi tudo de uma vez. Quando o Porta postou o vídeo eu já tinha ganho um prêmio com meu monólogo no Multishow de comédia, já tinha gravado o Crô e estava gravando com o Murilo Benício o Pérola, então meio que tudo acontece ao mesmo tempo. Fico feliz pelo fato de eu não ser um comediante assim, mas tem o lance das vozes. Tô bem feliz com isso.


Felyppe: Eu já vi o filme e eu amei o teu personagem, a Geni, achei ela fantástica. Você fez a construção em cima da voz ou você já tinha a personalidade em mente quando criou a personagem?

Jefferson Schroeder: Cara eu dei uma vasculhada nas vozes. Escolhi uma voz que é um pouco estranha, uma produção bonita... É, eu tentei não deixar muito caricato, fico muito feliz quando chegam em mim e dizem que achavam que era uma mulher fazendo e não um homem. É o tipo de elogio que eu queria pela personagem.

O filme Crô em Família estreou no dia 06 de setembro e pode ser visto em todo Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages