PRIMEIRAS IMPRESSÕES | Manifest - O mais novo mistério da TV? (1x1) - PREMIERE LINE

NEWS

sábado, 29 de setembro de 2018

PRIMEIRAS IMPRESSÕES | Manifest - O mais novo mistério da TV? (1x1)

SEM SPOILER

Enquando em Lost tivemos o voo Oceanic Airlines Flight 815 aqui em Manifest temos Montigo Air 828. Um voo aparentemente como outro qualquer, que após passar por uma turbulência pousa cinco anos após decolar em 2013. As 191 pessoas a bordo não envelheceram um dia. 

Nada mudou para elas exceto que tudo mudou.

Assim que o piloto começa você já pode sentir um certo ar nostálgico que imediatamente remete a Lost. Você tendo assistido ou não a o fenômeno, você sabe o que foi Lost. 



O grande trunfo da série que já estreou batendo recordes, é mergulhar de cabeça no gênero mistério, atraindo o público que é sedento por teorias. Afinal, não existe nada melhor que um bom mistério. E durante os 42 min que passam, você se vê constantemente criando teorias. O que adiciona uma nova experiência de acompanhar uma série desse tipo. Você se envolve com a trama além dos minutos semanais que ela oferta. 

Abdução? 


Todos estão mortos?


Triângulo das Bermudas?


Buraco de minhoca?


Só Deus sabe, bom, Deus e o criador Jeff Rake.


Acredito que para a série ser bem sucedida, o criador no mínimo deve saber como ela irá acabar seja em sua quinta, sexta, décima ou enquanto durar. Nada de pensar no final, quando for a hora e traumatizar os fãs como Lost fez. É muito cedo para pensar num final, mas é impossível não querer respostas que atendam as nossas expectativas e que sejam no mínimo, ousadas e surpreendentes.



Existe um lado um ruim num mistério, se não bem construído pode acabar cansando seu público e perder seu apelo.

Mesmo que a série comece numa pegada de ficção científica remanescente a Lost ou Fringe, promete ser mais dramática e focar nos relacionamentos dos personagens e sua nova realidade. O que leva a outro ponto positivo da série, seu elenco entrega e convence apesar de que tirando o mistério, as demais coisas que acontecem, sejam quase previsíveis. São cinco anos, os que ficaram seguiram em frente. Achar que nada aconteceu, que eles não se envolveram com ninguém é abraçar a ingenuidade. 



As opções são infinitas para o que pode ter acontecido com os passageiros. E essa "voz" na cabeça deles só aumenta o suspense. 

Manifest merece uma chance entre as novas estreias da fall season. Quem busca algo nostálgico mas com uma repaginada deve dar uma chance ao piloto sem dúvida. 



PS: Esse CGI do avião explodindo no final foi terrível. Pior que as cenas de helicóptero no telhado, em Greys Anatomy ou a do cervo em TWD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages