"Arrested Development" deve acabar em 2019 - PREMIERE LINE

NEWS

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

"Arrested Development" deve acabar em 2019


O ator Davi Cross que vive o Tobias na série "Arrested Development", concedeu uma entrevista ao podcast "Late Night with Seth Meyers", onde revelou que o programa deve acabar após a quinta temporada, que segue sem data de estreia.

"Eu aprendi a dizer 'nunca diga nunca', mas não consigo imaginar acontecendo de novo, por diversas razões. Até onde eu sei, os próximos episódios irão ao ar no início do ano que vem", diz Cross.

A história de Arrested Development é muito simples: um pai viúvo chamado Michael Bluth (Jason Bateman, Tudo Para Ficar Com Ele), cujo pai George Bluth (Jeffrey Tambor) foi preso por forjar a contabilidade das empresas Bluth, acaba tendo que cuidar de sua ex-rica família. Pensando bem... a história muda quando se conhece os membros dessa família. Além de Michael, ela é formada por sua mãe, a socialite Lucille (Jessica Walter); seus irmãos Buster (Tony Hale) e Gob (Will Arnett), um cartógrafo e um fracassado mágico, respectivamente; sua irmã obcecada por moda Lindsay (Portia de Rossi, "Ally McBeal"), e seu marido Tobias (David Cross), que perdeu a licença de médico. E ainda tem George (Michael Cera), o filho adolescente de Michael, que tem uma estranha paixão por sua prima Maeby (Alia Shawkat). Com esse enredo, "Arrested Development" pode ser descrita como a comédia com a família mais disfuncional de todos os tempos. "Eu quis fazer uma série sobre pessoas que não se transformaram em seres humanos", diz o produtor executivo Mitch Hurwitz ("The Ellen Show"). "É sobre irmãos adultos tentando lidar com seus pais e seus filhos". Ao contrário da maioria das comédias, a série não tem nenhuma risada da platéia em suas piadas, e as histórias são narradas por Ron Howard ("Uma Mente Brilhante"), que também é um dos produtores executivos ao lado de Brian Grazer ("24 Horas"). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages