Coluna do Coffey | Arrow – Já é pra empurrar a vaquinha ladeira abaixo? - PREMIERE LINE

NEWS

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Coluna do Coffey | Arrow – Já é pra empurrar a vaquinha ladeira abaixo?


Resposta curta pra quem não vai ler as 26 laudas de texto.. Não! A série voltou chutando o pau da barraca e conseguiu me prender no primeiro episódio da nova temporada.

Agora vamos à resposta de quem veio até aqui para ler um artigo.

Na sua sétima temporada, era de se esperar que tudo já fosse escrito ou contado e que o destino da série fosse um caminhar lento e trôpego pro fim (estou olhando pra você Smallville! Dez temporadas foi MESMO demais). Mas a série que “inaugurou” o chamado Arrowverso e abriu espaço pra Flash, Supergirl, Legends of Tomorrow e recentemente à fenomenal Raio Negro (ainda quero escrever sobre), mostrou que ainda tem fôlego e pode render bons episódios.
É claro que tivemos temporadas abaixo do mediano, com foco errado segundo alguns fãs (romance demais, ação de menos), mas a série parece ter encontrado um caminho. Começou bastante dark e com um pezinho no mundo real. O protagonista usava um simples capuz e o seu arco e flecha era de um modelo que podia ser comprado por aí.
Com o tempo, e as temporadas, o herói começou a se aproximar dos quadrinhos, ganhando flechas explosivas, flecha “rapel” e outras traquitanas. E a equipe foi aumentando.
O “team arrow”, aliás é um caso à parte. Temos uma loira, um gay assumido (e negro), um latino, mais um negro e duas autênticas “mulheres macho”. Uma miscelânea que funciona muito bem, sem necessidade de ser lembrada a cada minuto.
Na minha modesta opinião, Arrow AINDA é a melhor série desse universo do CW e continua cativando e envolvendo. Pra quem não quiser maratonar desde o começo, recomendo assistir à nova temporada que começou na última segunda feira nos US and A. Depois pode ir “regredindo” para acompanhar/entender o desenvolvimento dos personagens e, como eu, sentir falta de alguns.
Fico por aqui com a promessa de novos textos, sempre com opiniões/indicações sinceras baseadas no meu gosto (porque tenho que me basear em algo né?). Excelsior!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages