Produtor processa Universal por "Hobbs and Shaw", derivado de Velozes e Furiosos - PREMIERE LINE

NEWS

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Produtor processa Universal por "Hobbs and Shaw", derivado de Velozes e Furiosos


 A Universal Pictures está sendo processada pelo produtor Neal Moritz, por conta do derivado de Velozes e Furiosos, Hobbs and Shaw. Segundo o Deadline, Mortiz processa o estúdio por violação de contrato oral e fraude promissória por ter sido demitido do filme.

Mortiz afirma no processo que, dias antes do incio das filmagens, a Universal o procurou e disse que mudaria o seu contrato oral e passaria a ganhar "substancialmente menos" ou ele teria que ser cortado da produção.

Ele, então, continuou a manter contanto com a presidente do estúdio, Donna Langley e seu advogado, onde eles chegaram a um consenso. O Produtor ganharia "US$ 2 milhões em compensação fixa aplicável contra uma participação bruta de primeiro dólar de 6%". Porém dias antes do inicio da produção, o estúdio lhe ofereceu um valor menos, devido a mudanças no orçamento.

Moritz quer ser reintegrado como um dos produtores principais ou receber uma compensação avaliada em US$ 10 milhões. O Deadline procurou a Universal Pictures, mas o estúdio não se manifestou.

Chris Morgan, que é o roteirista da franquia desde Desafio em Tóquio e David Leitch assume a direção. Graças a apertada agenda de The Rock, a produção do spin-off foi adiantada para aproveitar uma brecha para as filmagens em 2018, e agora, ele estreia em 2 de agosto de 2019.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages