Review | Mega Man 11 - O presente perfeito para veteranos e novatos - PREMIERE LINE

NEWS

Post Bottom Ad

3 de outubro de 2018

Review | Mega Man 11 - O presente perfeito para veteranos e novatos



Este ano, o robozinho azul mais famoso do mundo dos games completa 30 anos. E a melhor forma de comemorar esse evento é com um jogo dele totalmente novo. A Capcom nos presenteou com Mega Man 11, a primeira continuação da série clássica e com salto de geração depois de muitos anos sem ter algo novo, assim como Mega Man 8 celebrou os 10 anos da franquia.

Vamos dominar o mundo?

A trama do jogo é apresentada de forma simples, mas direta. O clássico vilão da série, Dr. Willy, mais uma vez planeja dominar o mundo e para isso acontecer, ele sequestra oito Robot Master de Dr. Light que no momento estava fazendo uma manutenção de rotina neles. O vilão utiliza uma de suas invenções da juventude: o Gear System. Ao usar o artefato, o nosso herói fica em desvantagem e não consegue impedir tal façanha, restando apenas ele assumir o fardo e correr atrás para por um fim nos planos de Dr. Willy mais uma vez.



O que vemos depois dessa introdução, é o roteiro tradicional da série. Temos que passar por oito fases, cada uma delas com seus tipos de inimigos e no final enfrentar o vilão dominante daquele estágio. Assim como nos jogos anteriores, cada chefe possui habilidades únicas.

A grande novidade do game é o uso do "Gear System". Mega Man pode utilizar ele a qualquer momento para que consiga alguma vantagem na situação, sendo ele o "Power Gear" que aumenta a potência do seu canhão permitindo causar mais dano nos inimigos e chefes. Temos o "Speed Gear" que provoca uma lentidão no tempo, ótimo pra passar por momentos que exigem uma habilidade mais alta, como desviar de múltiplos projeteis dos inimigos. E por fim temos o "Double Gear" que permite usar os dois poderes ao mesmo tempo, tornando as coisas mais interessantes ainda.

O uso do equipamento deve ser usado com sabedoria, pois o uso excessivo pode causar o aquecimento e impossibilitando de usar ele novamente por um tempo. O Gear System é um sistema útil ao jogo e permite deixar o game um pouco mais complexo, já que há momentos do jogo que é praticamente obrigatório o uso dele, isso sem falar nos chefes que estão sendo controlados por esse sistema, deixando as lutas muito mais empolgantes e frenéticas.

Dificuldade e visuais

O visual em Mega Man 11 parece ter recebido uma atenção maior para que tudo possa ser lembrado de alguma forma. Por vários momentos, você se pega admirando o detalhe dos inimigos e cenários e consegue notar em como um jogo simples de plataforma consegue também ter um visual bonito.



Como ocorre em todos os jogos da série, toda vez que um chefe é derrotado, você logo possui as habilidades dele. Uma mudança bem escolhida para esse jogo, foi que agora ao selecionar a habilidade do chefe que queira usar, o personagem também muda a sua armadura. É bem legal ver ele mudando completamente, já que nos jogos anteriores você apenas mudava de cor.

O jogo pode ter sido um prato cheio para os fãs da série, mas e quanto aos novatos que nao tem costume com o jogo? A Capcom pensando nisso, adicionou vários níveis de dificuldade para atender o maior de numero de pessoas, então se você gosta do game, mas tem dificuldade em progredir nele, existe um nível de dificuldade para isso, permitindo que você tenha uma experiencia satisfatória e possa pegar o ritmo do game com o tempo, e quem sabe, testar as outros níveis.

Por outro lado, os veteranos podem se exaltar com as dificuldades elevadas por todo jogo. Uma boa pitada de estresse e raiva que me fez ter meus momentos de rage. Fases como a de "Torch Man'' são um verdadeiro teste de paciência, e se eu levar em conta o tanto de vez que eu xinguei ao tentar passar ela, com certeza perdi minha vaga no céu. Isso tudo é algo bom, pois a sensação de vitória é gratificante.



Um jogo para ser lembrado

Mega Man 11 é uma verdadeira homenagem à franquia e faz jus ao nome, deixando uma boa lembrança em comemoração aos 30 anos. Ele poderia ter um maior numero de fases para ser exploradas, mas isso não tira o mérito do jogo, que é muito bom e traz uma sensação nostálgica ao jogar . É um jogo que deixa qualquer fã alegre.

Espero que esse jogo seja apenas uma porta de entrada para outros games que a Capcom poderia trazer de volta, como por exemplo um Mega Man X9.

Mega Man 11 foi lançado no dia 2 de outubro para PC, Playstation 4, Xbox One e Nintendo Switch. Esse review foi elaborado no Xbox One com uma cópia cedida pela Capcom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Pages