China planeja implementar sistema de "Black Mirror" em sua população - PREMIERE LINE

NEWS

sábado, 24 de novembro de 2018

China planeja implementar sistema de "Black Mirror" em sua população


O governo chinês anunciou que vai implementar, a partir de maio, um sistema de classificação dos cidadãos que impedirá pessoas de embarcarem em comboios e aviões durante até um ano, caso tenham cometido delitos ou atos impróprios.

Tal ato se assemelha ao episódio Nosevide de Black Mirror, que abre a terceira temporada, onde os membros da sociedade são julgados de acordo com a sua avaliação numérica em um aplicativo; com avaliações mais baixas, as personagens têm menos oportunidades e serviços à sua disposição.

Apesar de a informação só ter sido oficializada agora, a empresa Reuters sugere que o sistema já estava funcionando há um tempo. Numa conferência de imprensa, no ano passado, o governo afirmou que mais de seis milhões de chineses tinham sido impedidos de viajar de avião por maus comportamentos sociais.

O sistema implementado avalia, com uma pontuação que vai de 350 a 950 pontos, o histórico financeiro dos indivíduos, padrões de consumo, capacidade de comprimento das obrigações, comportamento, educação e até mesmo conexões sociais.

A punição pela má pontuação é a interdição de se deslocar em determinados transportes por um período de tempo, mas as consequências podem ir muito mais longe. 

Em 2020, quando o sistema estiver completamente aplicado, uma baixa pontuação poderá levar à diminuição da velocidade da internet, à restrição no acesso a restaurantes, escolas, a empréstimos, a aluguel de casa e até mesmo a empregos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages