Malásia censura "Bohemian Rhapsody" e retira todas as cenas gays do filme - PREMIERE LINE

NEWS

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Malásia censura "Bohemian Rhapsody" e retira todas as cenas gays do filme


De acordo com o The Hollywood Reporter, o novo sucesso da Fox, "Bohemian Rhapsody" sofreu uma nova censura nesta semana, por conta das suas cenas gay.
O presidente do departamento de censura da Malásia, Mohd Zamberi Abdul Aziz revelou que o cortou todas as cenas gay da cinebiografia do Queen. Segundo Aziz, foram mais de três de minutos deletados, mas o público relata que foram mais de 20. 

"Cenas que envolviam momentos como homens se beijando, homens se esfregando e um grupo de homens em vestidos numa festa dentro de uma mansão. Outra cena removida por a cena pós-crédito que relatava que Freddie Mercury e Jim Hutton viveram uma vida feliz, pois mostrava que eles estavam em uma relação gay… Qualquer coisa relacionada a LGBT ou a promoção disso não será aprovado", disse Aziz.

O filme conta a história de Freddie Mercury (Rami Malek). Ele foi criado na Índia e se mudou para a Inglaterra nos anos 60. Lá, ele conhece Brian May e Roger Taylor e o trio forma a banda Queen em 1970. Eles fazem um grande sucesso pelo mundo, com hits como "Bohemian Rhapsody", “We Will Rock You” e “We Are the Champions”.

O elenco principal é formado por Rami Malek, Ben Hardy, Gwilym Lee, Joseph Mazzello, Allen Leech, e Lucy Boynton. A direção é de Dexter Fletcher.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages