Micahel C. Hall defende o final polêmico da série "Dexter" - PREMIERE LINE

NEWS

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Micahel C. Hall defende o final polêmico da série "Dexter"


O ator Micahel C. Hall concedeu uma entrevista ao jornal The Daily Beast, onde comentou a polêmica do final da série "Dexter", que foi exibida em 2013. 
"Ele parece estar em um exílio auto-imposto, ele certamente não foi em direção ao pôr-do-sol. Sua irmã morreu. Isso deixou um nó na garganta de alguns espectadores. Eu defendo a forma como a 8ª temporada acabou. Se ele tivesse continuado matando pessoas, ele estaria bem, mas ele se casa, ele abre sua imaginação e seu coração. Ele tem uma conexão real com pessoas, e todas essas pessoas são comprometidas ou destruídas de alguma forma. Para tudo ficar arrumado depois disso não teria sido honesto. Ele simular sua própria morte e se isolar dele mesmo e do contexto de sua vida fez sentido pra mim", disse C. Hall.

Dexter é uma série televisiva americana de drama/suspense centrada em Dexter Morgan, um assassino em série com diferentes padrões que trabalha como analista forense especialista em padrões de dispersão de sangue no departamento da polícia do Condado de Miami-Dade.
O programa estreou em 1 de outubro de 2006 no canal Showtime e teve o seu último episódio em 22 de setembro de 2013. Situado em Miami, sua primeira temporada foi fortemente baseada no livro Darkly Dreaming Dexter de Jeff Lindsay, o primeiro de sua série de romances Dexter. Temporadas posteriores apresentaram uma evolução distinta das obras de Lindsay. 

O livro foi adaptado para a televisão pelo roteirista James Manos Jr., que escreveu o episódio piloto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages