Shawn Mendes fala sobre seu amor pelo "4:20", revela que teve um caso com Hailey e ainda comenta os rumores da sua homossexualidade em entrevista à Rolling Stone. Confira: - PREMIERE LINE

NEWS

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Shawn Mendes fala sobre seu amor pelo "4:20", revela que teve um caso com Hailey e ainda comenta os rumores da sua homossexualidade em entrevista à Rolling Stone. Confira:


Shawn Mendes é a capa da edição de Dezembro da revista Rolling Stone, e a entrevista veio bem polêmica. Na publicação o canadense revela que ama fumar maconha, confirma que teve um "caso" com Hailey Bieber e sobre os comentários de que seria gay.

O canadense revela que passou por uns momentos confuso, quando chegou em seu hotel de madrugada e começou a ver o feed do Instagram com fotos de Dua Lipa e o namorado, Justin Bieber com seu ex-caso, Hailey (agora) Bieber — e começou a ficar um pouco invejoso. "Eu ficava pensando: preciso ser visto com alguém pelos paparazzi. Com quem eu vou sair? Eu não sou relevante". Porém, descartou rapidamente a ideia: "Eu fiquei tipo, ‘você é a p***a de um idiota. Por que você pensou isso?"

Mendes confirmou o que todos nós já suspeitávamos. Shwan e Hailey eram mais que amigos e o cantor falou rapidamente sobre essa fase.
"Eu não quero colocar um rótulo. Acho que foi mais uma zona de limbo… Eu mandei mensagem para ela [depois do noivado]. ‘Parabéns’, e eu realmente estou feliz por eles. Ela não é apenas uma pessoa bonita visualmente, mas também tem um dos corações mais bonitos que eu já encontrei. Eu acho que sou um idiota de, você sabe… mas você não pode controlar o coração".



Shawn se demonstrou bem sincero ao abordar os rumores de sua sexualidade. O cantor revela que ficou um pouco obcecado em provar que não era gay e admite que não gosta dessa sensação, por não achar que ser gay é uma coisa ruim.

O interprete de "In My Blood" admitiu que ficou vendo vídeos do Youtube onde pessoas apontavam seus trejeitos "gays". Shawn conta que depois que viu um anonimo comentando sobre sua forma de cruzar as pernas, ele nunca mais fez isso em público. 

"No fundo do meu coração, eu sinto que preciso ser visto com alguém — com uma garota — em público, para provar às pessoas que eu não sou gay. Mesmo que no meu coração eu sinta que isso não é uma coisa ruim. Ainda há uma parte de mim que pensa isso. E eu odeio essa minha parte"

Vale lembrar que no último natal, o cantor gravou um vídeo no falecido SnapChat, comentando os rumores de ser gay. No vídeo ele disse:
"Eu pensei, ‘vocês são muito sortudos que eu não seja gay de verdade e morra de medo de me assumir’. Isso é algo que mata as pessoas. Isso é o quão delicado esse assunto é. Você gosta das minhas músicas? Você gosta de mim? Quem se importa se eu sou gay?"

A entrevista ainda teve seu momento 4:20, o cantor revelou que é usuário de Maconha e que isso o a calma. Antes de mais nada, vale lembrar que no Canadá onde ele nasceu a droga é legalizada, logo não é crime nenhum o cantor puxar um F1. 

"Eu amo maconha", admite. "Eu não colocaria isso em um tweet — não ainda, pelo menos — mas realmente me faz bem. Quando eu estou em casa, eu fumo e depois toco guitarra por sete horas". Em uma viagem à Amsterdã, Shawn viu cogumelos alucinógenos para vender, mas escolheu não experimentar. "Eu queria tanto", garante. "Eu acho que me ajudaria bastante"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages