Kanye West vs Drake | Entenda o motivo da briga - PREMIERE LINE

O clima esquentou entre dois grandes nomes da música na semana passada quando Kanye West fez uma série de desabafos e acusações contra Drake em seu Twitter. Para aqueles que não entenderam o porquê da briga ou que ficaram com preguiça de procurar mais a respeito, reunimos várias informações e contaremos tudo que aconteceu entre os dois artistas em ordem cronológica. 

Para começar, é importante deixar evidente que os dois começaram essa história entre 2008 e 2009 sendo bons amigos, os rappers inclusive trocavam elogios publicamente, tendo Drake dito que o amigo era o músico “mais influente” de sua vida. As coisas começaram a desandar a partir de 2010, quando após trabalharem juntos na faixa “Find Your Love”, West revelou que tinha "gostado” trabalhar com o outro rapper, até que a fama de Drake cresceu de forma muito rápida, o que tinha incomodado Kanye. Para piorar a situação, Drake concedeu uma entrevista ao The Source no qual afirmou que: “Meu objetivo é conquistar muito mais do que ele [West] conseguiu. Não quero ser tão bom quanto o Kanye, quero ser melhor”.

Em 2013 a parceria e amizade dos dois já estava muito abalada, Drake foi visto saindo algumas vezes com a ex-namorada do amigo, Amber Rose, o que pode ter contribuído ainda mais para a rixa dos dois. O canadense inclusive admitiu em uma entrevista que as coisas não estavam muito boas entre eles: “eu e o Ye estamos naquele tipo de situação em que não nos falamos há algum tempo e todas esses problemas acabaram acumulando”.

O ano seguinte chegou trazendo ainda mais problemas entre eles. Drake tirou sarro do álbum Yeezus de West durante uma entrevista a revista Rolling Stone e os fãs, é claro, não perdoaram. Em 2015 tiveram uma trégua, todo o desentendimento parecia ter sido deixado para trás e Kanye falou até mesmo da possibilidade de gravar um álbum com o amigo. Semanas depois, Drake o convidou para fazer uma aparição em um de seus shows. 

Tudo parecia bem, até 2016 voltou a ser marcado por provocações dos dois lados. Em sua música Summer Sixteen Drake afirma ter uma “piscina maior que a de Ye”, o que West respondeu com uma simples afirmação: “Eu tenho três piscinas”. Sim, você não leu errado, até mesmo as piscinas se tornaram motivos para troca de alfinetadas entre eles. Na época especulava-se que o tom da faixa seria de brincadeira, mas considerando o histórico dos dois, todas as possibilidades eram possíveis. 

Chegamos então aos acontecimentos de semana passada. Kanye postou em seu Twitter a imagem de uma notificação em seu celular, na qual Drake pedia autorização para utilizar a faixa “Say What’s Real”, na qual tinham trabalhado juntos em 2009.

A partir daí, West fez uma série de acusações contra Drake, afirmando que o rapper canadense tinha comprado ingressos das duas primeiras filas do show do Pusha-T (rapper que faz parte da gravadora de Kanye) e ter orquestrado o momento que o público jogou cerveja no Pusha-T e invadiram o palco, o incidente deixou quatro feridos, um deles com ferimentos graves.
“O menino que você arrumou para invadir o palco no show do Pusha está em estado grave”.

Kanye também aproveitou para se defender da acusação de ter contado ao Pusha-T sobre o filho do Drake, que naquela época era um segredo e acabou sendo exposto em uma faixa do próprio rapper. A situação fica ainda mais tensa quando West afirma que Drake tinha finalmente ligado para ele para acertar as contas, mas que ao invés de chegarem a um acordo, ele e sua família tinham sido ameaçados. 

“Então Drake, se algo acontecer comigo ou com qualquer um da minha família você é o principal suspeito. Então corta a conversinha.”
“Tenho família e filhos. 6ix9ine está preso. XXXTentacion está morto. O garoto que você colocou no palco está no hospital.”
“Quando passo por momentos difíceis ele ferra comigo e eu sou seu ídolo”
“Nunca existiria um Drake sem um Kanye. Então nunca abra a boca para me ameaçar.”

No fim, até mesmo Kim Kardashian, esposa de Kanye, entrou na discussão defendendo o marido:

"@drake Nunca ameace meu marido ou nossa família. Ele foi responsável por abrir caminho para que pudesse existir um Drake."

A resposta do Drake foi muito simples: uma série de emojis rindo, postado em seu stories no Instagram.
No meio da enxurrada de tweets de Kanye, Ariana Grande resolveu se intrometer para promover sua nova música. A cantora publicou em sua rede social a seguinte mensagem:

“Pessoal, eu sei que tem homens crescidos discutindo online, mas Miley [Cyrus] e eu lançamos nossas lindas músicas novas essa noite, então se vocês pudessem se comportar por algumas horas para que as garotas possam brilhar, seria muito bacana. Obrigada!”

Kanye não deixou barato e, é claro, respondeu a cantora:

“Eu sei que Ariana disse isso para ser legal e que não quis ofender, mas eu não admito o menor nível sequer de comentários de alguém que eu sei que me ama e me respeita”

“Toda essa idiotice recaiu sobre minha saúde mental, então, Ariana Grande, eu sei que você sabe que tenho amor por você, mas até que você esteja pronta para realmente se certificar de que todos estão bem, não use minha pessoa ou este momento para promover sua música”

Ariana percebendo a situação que tinha criado, se desculpou: [o tweet foi excluído de seu perfil]

“Com todo o respeito, eu não preciso usar ninguém para divulgar o que quer que seja. Ponto. Eu estava fazendo um comentário sobre o que os homens estavam fazendo no momento versus o que as mulheres estavam fazendo. Foi uma piada, mas agora eu entendo que provavelmente foi insensível. Peço desculpas se, de alguma forma, servi de gatilho e espero que você esteja bem hoje.”

Será que essa história vai continuar rendendo ou vai ficar por isso mesmo? Façam suas apostas!

Pages