Blizzard revela mais um personagem LGBT em "Overwatch" - PREMIERE LINE

Blizzard revela mais um personagem LGBT em "Overwatch"

Share This
Um novo conto do Overwatch, intitulado de "Bastet", trouxe para a superfície um pouco mais sobre a vida do Soldado 76, revelando que ele tinha antigamente um relacionamento homossexual.

Em um momento do conto é possível ver uma conversa entre Ana e Jack, na qual os dois estão olhando algumas fotos antigas e uma delas é do Soldado 76 ao lado do seu ex-namorado, Vincent. 



Em um trecho da página 12 do "Bastet", há o seguinte diálogo: 

“Vincent... Faz anos que não penso nele”, disse Ana. "Ainda tem esperanças com ele?”

Jack balançou a cabeça. “Nada do tipo.”

“Você nunca procurou ele? Deve ter ficado curioso. Todo o poder de vigilância do mundo. Aposto que Gabe teria designado um agente da Blackwatch para ele se você pedisse”, disse Ana.

Jack lançou um olhar fuzilante para ela. “Tá bom, assunto delicado”.

Jack riu. “Ele se casou. São bem felizes. Fico feliz por ele.”

Ana não tinha se convencido. No começo de tudo, Jack falava muito sobre ele, ventilando um sonho de que a guerra acabaria logo e talvez tivesse a chance de voltar a uma vida normal. Mas a recompensa para pessoas como nós nunca foi uma vida normal.

“Vincent merecia uma vida melhor do que eu poderia dar a ele.” Jack suspirou. “Nós dois sabíamos que eu nunca poderia colocar nada acima do dever. Tudo pelo que lutei foi para proteger gente como ele... Esse foi o sacrifício que eu fiz.”

“Relacionamentos não dão muito certo para nós, não é?”, disse Ana, passando inconscientemente o polegar no local onde ficava sua aliança.

“Pelo menos você e Gabe conseguiram formar suas próprias famílias.”

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que o Soldado 76 é visto com uma foto do seu ex-namorado. Na HQ que mostra sua namorada Tracer, o Soldado é visto segurando a mesma foto, em que aparece abraçado com Vincent.



O autor do conto, Michael Chu, usou o seu Twitter para confirmar que Jack e Vicent mantiveram um relacionamento amoroso no passado. 

Bastet está disponível para leitura gratuita e em português do Brasil neste link.

Pages