Netflix cancela oficialmente "One Day At a Time" após sua 3° temporada - PREMIERE LINE

Netflix cancela oficialmente "One Day At a Time" após sua 3° temporada

Share This

De acordo com a Entertainment Weekly, a Netlix tomou uma difícil decisão e resolveu cancelar oficialmente a série "One Day At a Time" após sua 3° temporada.

Minutos depois o perfil da Netflix Oficial, publicou uma nota dizendo:


"Tomamos uma decisão muito difícil de não renovar One Day At A Time para a quarta temporada. A escolha não foi fácil - levamos muitas semanas para encontrar uma forma de fazer outra temporada acontecesse, mas no fim não haviam pessoas o suficiente assistindo para justificar outro ano."


"Obrigado Norman Lear por trazer essa série de volta para a televisão. Obrigado Gloria Calderon Kellett e Mike Royce por sempre nos fazer rir e nunca se intimidar em tocar de forma bela e corajosa em assuntos importantes de uma forma cheia de significado."
"Para Justina Machado, Todd Grinnell, Isabella Gomez, Marcel Ruiz, Stephen Tobolowsky, e Rita Moreno: obrigado por nos convidar para fazer parte da sua família. Vocês completaram a série com tanto coração, cordialidade e amor, realmente fazendo-nos sentir em casa" 
O show retrata a vida cotidiana de uma família cubano-americana com cada personagem encontrando sua própria jornada. Seguindo a história de Penelope Alvarez (Justina Machado), uma veterana do Corpo de Enfermagem do Exército dos Estados Unidos, enfrentando seu retorno à vida civil com muitos problemas não resolvidos de seu tempo no Exército. Ela trabalha como enfermeira no escritório de Dr. Leslie Berkowitz (Stephen Tobolowsky). Após o alcoolismo do marido, devido ao transtorno de estresse pós-traumático de seu tempo no Exército, ele tornou, nas palavras de Penélope, "inseguro em estar na casa", ela se separa de Victor (James Martínez), levando as crianças com ela. Com a ajuda de sua Mãe, Lydia (Rita Moreno), uma refugiada que deixou Cuba como adolescente após a ascensão de Fidel Castro ao poder, ela está criando seus dois filhos: Elena (Isabella Gómez) e Alex (Marcel Ruiz). 

Além de planejar os quinces da filha, Penélope começa a namorar e encontra um interesse amoroso. Elena, resistente a ter um quinces, começa a namorar com um adolescente de sua classe; para perceber mais tarde que é lésbica. Depois de passar um momento difícil tentando achar uma maneira de contar a sua família sobre sua sexualidade, ela encontra o momento certo para sair do armário. Alex começa a trabalhar em um projeto escolar sobre Cuba com a ajuda de Schneider (Todd Grinnell) e Lydia. Lydia fala sobre deixar Cuba fugir da ditadura de Castro e como ela se apaixonou por seu falecido marido Berto (Tony Plana).


Cada episódio da série se concentra em questões importantes que enfrentam as comunidade hispânicas e as famílias em geral. Ela tratou de tópicos como batalhas de veteranos com TEPT, depressão e ansiedade, bem como sexualidade, identidade de gênero, sexismo e religião, entre outros.

Pages