Michael B. Jordan revela que teve que cuidar de sua saúde mental após viver vilão em "Pantera Negra" - PREMIERE LINE

Michael B. Jordan revela que teve que cuidar de sua saúde mental após viver vilão em "Pantera Negra"

COMPARTILHE

O ator Michael B. Jordan que interpretou o vilão Erik Killmonger em "Pantera Negra", participou do SuperSoul Conversations, apresentado pela Oprah, onde revelou que precisou cuidar da sua saúde mental, após viver o personagem.

"Fui para a terapia, comecei a falar com as pessoas, começando a desempacotar um pouco. Estava sozinho, me isolando. (...) Passei muito tempo sozinho, e descobri que a infância e o crescimento de Erik [Killmonger], foram muito solitários. Ele não tinha muitas pessoas com quem podia conversar sobre esse lugar chamado Wakanda que não existia. Claro que é uma versão extrema e exagerada da Diáspora Africana da perspectiva afro-americana, então ser capaz de absorver esse tipo de dor e raiva, todas essas emoções que Erik meio que representa por ser negro aqui nos EUA… Aquilo foi algo que eu não aguentei tranquilamente.", contou Jordan. 

"Não tive um método, só fiz o que achava necessário ou o que julgava certo no momento, e não tinha um plano de fuga para isso também. Quando tudo acabou, acho que estar naquele estado mental… aquilo me pegou. Foi difícil no começo, me reajustar às pessoas que cuidam de mim, receber aquele amor que eu afastei. Não queria amor, eu queria estar nesse lugar solitário o máximo que eu pudesse. [Fazer terapia] me ajudou muito.", finalizou o ator.




SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS OFICIAIS: Twitter | Instagram | Facebook |

Pages