Diretor de "Deixando Neverland" se contradiz após erro em acusações contra Michael Jackson - PREMIERE LINE

Diretor de "Deixando Neverland" se contradiz após erro em acusações contra Michael Jackson

Share This

O documentário "Deixando Neverland" tem gerado polêmicas desde seu lançamento ao trazer novas acusações de pedofilia com testemunhos contra o falecido cantor Michael Jackson. A produção dividiu espectadores entre os que ficam ao lado das supostas vítimas e aqueles que continuam acreditando na inocência do artistas. O fato é que de lá pra cá já surgiram algumas inconsistências e questionamentos sobre a veracidade da investigação apresentada.

A mais recente foi Dan Reed, o diretor, admitindo erros de cronologia apresentados pelo biógrafo Mike Smallcombe. Mas ao mesmo tempo, ele respondeu veículos que publicaram a sua declaração confirmando o abuso. 


Tudo começou com Smallcombe questionando as acusações de James Safechuck. O escritor apontou que o quarto da estação de trem foi construído dois anos após o fim dos abusos que a vítima relatou. O ponto é: ela garantia que alguns dos abusos aconteciam nesse quarto. Contraditório, não? Ao ser questionado sobre isso, Reed deu uma resposta em sua rede social “Sim, parece que não há dúvidas sobre a data da estação de trem. Eles terem errado na data é o fim do abuso”. 
Smallcombe, então, afirma que o diretor declarou ao The Sun e ao Daily Mail que Safechuk ainda frequentava Neverland após a construção da estação de trem. O diretor respondeu ao The Sun que não há problema com as datas: a vítima estava no local antes e depois da construção do quarto tanto é que existem fotos no documentário. O contato sexual com o cantor durou toda a adolescência. 
Smallcombe coloca os pingos nos is ao afirmar que os supostos abusos aconteceram até os 14 anos, e que James já tinha quase 17 quando a estação de trem foi completamente construída. Vale lembrar que ações judiciais movidas por Robson e Safechuck contra Michael Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017.


SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS OFICIAIS: Twitter | Instagram | Facebook |

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages