Taraji P. Henson fala sobre desigualdade salarial em O Curioso Caso de Benjamin Button - PREMIERE LINE

Taraji P. Henson fala sobre desigualdade salarial em O Curioso Caso de Benjamin Button

Share This

Hollywood tem encarado uma série de denúncias pautadas em desigualdade de gênero na indústria audiovisual. Não só várias atrizes tem falado sobre casos de assédio, como os salários também tem sido jogados na roda, questionando o motivo de alguns atores receberem cachês com diferenças exorbitantes. 

Em 2016, Taraji P. Henson, atriz coadjuvante de O Curioso Caso de Benjamin Button se queixou disso, mas não entrou em detalhes e valores do ocorrido. Em nova entrevista ao Variety, ela revelou ter recebido US$150.000, valor bastante inferior ao de seus colegas de cena.

A diferença é justificável?


Taraji deixa bem claro que seu problema não é com Brad PittCate Blanchett e o quanto ambos receberam. A atriz entende que Pitt era o nome principal do filme e que tinha mais experiência, portanto, justificável ter recebido mais do que ela. As queixas da atriz são em relação à produção do filme que não pagou os US$500.000 solicitados por ela. 

Nas palavras dela “Eu pedi por meio milhão. É isso. E eles me deram US$ 100.000. Isso faz sentido? Sou o terceiro nome no pôster. Isso faz sentido pra você?". Caso volte a trabalhar com Brad, Taraji afirma não querer saber de seu salário, mas espera que seu trabalho como atriz seja reconhecido e ela receba um valor justo por sua atuação.

O Curioso Caso de Benjamin Button foi dirigido por David Fincher e disputou 13 estatuetas do Oscar, incluindo uma na categoria Atriz Coadjuvante para Taraji P. Henson.



SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS OFICIAIS: Twitter | Instagram | Facebook |

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages